Homem é preso suspeito de empurrar esposa de altura de quatro metros em Caxias - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

 Tentativa de feminicídio02/12/2019 | 07h06Atualizada em 02/12/2019 | 07h40

Homem é preso suspeito de empurrar esposa de altura de quatro metros em Caxias

Ela foi encontrada inconsciente e com lesões

Uma mulher de 45 anos foi vítima de tentativa de feminicídio em Caxias do Sul. Ela teria sido jogada de uma janela a quatro metros de altura pelo marido, um homem de 46 anos. O crime ocorreu por volta das 19h55min deste domingo (1º) no bairro Cidade Nova. Ela foi socorrida e o marido foi preso em flagrante.  

De acordo com a polícia, a Brigada Militar (BM) foi acionada para atender ocorrência de violência doméstica e ao chegar ao endereço informado encontraram a mulher caída em via pública. Ela estava inconsciente e com ferimentos.

 Leia mais
Confira relato de mulher que viu a irmã ser assassinada em Arroio do Sal
Homem é preso após colocar fogo na casa de ex-companheira em Canela 
Caxiense é morta com tiro na cabeça pelo marido em Arroio do Sal
"É uma luta todo dia. Precisamos avançar", diz promotor de Caxias sobre violência contra a mulher
Casa de Apoio Viva Rachel, em Caxias do Sul, completa 20 anos
Denúncias de violência contra a mulher aumentam 10% em Caxias  

A mulher foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhada para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) Zona Norte. Durante o atendimento à vítima, o suspeito da tentativa de feminicídio, chegou ao local, com sinais de embriaguez, como fala arrastada, olhos injetados e hálito alcoólico. Ainda segundo a polícia, enquanto falavam com o homem obtiveram informações de que ele teria jogado a esposa pela janela do imóvel.

Esta é a segunda ocorrência de tentativa de feminicídio registrada nos últimos dias na Serra. No sábado (30), um homem foi preso depois de atear fogo na casa da ex-companheira em Canela. Em outro caso, a jovem caxiense Ingrid Priscila Almeida Marques, 24 anos, foi morta pelo ex-companheiro com um tiro na cabeça, em Torres. As ocorrências são registradas no momento em que é realizada a campanha de 16 dias de ativismo pelo combate à violência contra as mulheres

Leia também
Jovem desaparece no Rio das Antas em Nova Roma do Sul
Identificados jovens mortos a tiros em Bento Gonçalves
Mãe e padrasto são presos por tentar matar bebê de quatro meses em Caxias 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros