Viatura é alvejada durante buscas a criminosos envolvidos em sequestro em Gramado - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Buscas03/11/2019 | 13h28Atualizada em 03/11/2019 | 13h28

Viatura é alvejada durante buscas a criminosos envolvidos em sequestro em Gramado

Polícia prossegue com buscas ininterruptas na região

Viatura é alvejada durante buscas a criminosos envolvidos em sequestro em Gramado Tales Armiliato/Agência RBS
Dois policiais foram atropelados durante tentativa de interceptação da ação criminosa Foto: Tales Armiliato / Agência RBS
Pioneiro, Róger Ruffato e GaúchaZH

roger.ruffato@rbstv.com.br

Uma viatura discreta da Polícia Civil foi alvo de diversos disparos na noite de sábado no bairro Três Pinheiros, em Gramado. A guarnição participava de buscas aos criminosos envolvidos no sequestro de quatro pessoas na sexta-feira (1º). Dois delegados e um agente estavam no carro, mas não se feriram. Os agentes revidaram os disparos que seriam de suspeitos de participar do crime. Segundo o delegado de Gramado, Gustavo Barcelos, os criminosos estariam naquele ponto aguardando um possível resgate. Não é possível precisar, segundo ele, quantos seriam. Os bandidos conseguiram escapar durante o confronto por uma região de mata. Na manhã deste domingo agentes estiveram novamente no bairro, mas não conseguiram localizar os criminosos.

A Polícia Civil confirmou que o cerco aos suspeitos segue de forma ininterrupta. O local da operação não é divulgado por questões de segurança. As buscas contam com apoio da Brigada Militar (BM), com o canil e o Batalhão de Choque de Caxias do Sul, e policiais civis da Região das Hortênsias e da Região Metropolitana de Porto Alegre. São utilizados um helicóptero e um drone.

Até o momento, foram presos dois homens e três mulheres, todos no sábado (2). Um dos presos, detido em uma mata na localidade de Várzea Grande, no interior do município, estava com duas pistolas .9 milímetros e teria participado efetivamente do sequestro. Os outros presos seriam integrantes da quadrilha e dariam suporte para a fuga.

O policial civil atropelado durante uma abordagem aos sequestradores de um empresário e funcionários dele em Gramado,passa por exames para avaliar a extensão dos ferimentos. Ele está em observação em um hospital de Caxias do Sul. Um outro policial também foi atropelado na ação, mas foi liberado após receber atendimento.


O crime

Conforme o delegado de Gramado, Gustavo Barcelos, um empresário de 70 anos, principal alvo do ataque, foi rendido no sítio dele, na localidade de Quilombo (distante 15 quilômetros do centro), ao lado de dois funcionários. Os três criminosos chegaram a pé pelos fundos da propriedade, por volta das 15h, e surpreenderam o empresário e os funcionários.  Eles portavam pistolas, usavam máscaras e pediam dinheiro.

A família acionou a Polícia Civil que, por volta das 19h, se deslocou até o sítio com oito agentes. Quando os policiais chegaram, encontraram os criminosos na Hilux do empresário, saindo da chácara com as vítimas. Eles haviam rendido a esposa de um dos funcionários, que havia ido buscar o marido. O grupo resistiu à abordagem e atropelou os dois policiais. No confronto, os sequestradores ainda jogaram o carro contra a viatura da polícia, que atirou nos pneus do carro onde estavam criminosos para tentar pará-los.

O trio acabou abandonando o veículo com as vítimas e fugiu para um matagal.

Leia mais
"A caminhonete chegava a tremer", relata refém de sequestro em Gramado
Policial atropelado por criminosos em Gramado passa por exames em Caxias
Polícia faz cerco a criminosos que atropelaram policiais e fugiram após sequestro 

Leia a reportagem completa em GaúchaZH

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros