Suspeitos de cometerem crimes nas Hortênsias têm envolvimento com ataques a banco, diz secretário da Segurança Pública - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Segurança Pública05/11/2019 | 13h52Atualizada em 05/11/2019 | 14h52

Suspeitos de cometerem crimes nas Hortênsias têm envolvimento com ataques a banco, diz secretário da Segurança Pública

Ranolfo Vieira Júnior concedeu entrevista à Rádio Gaúcha Serra

Suspeitos de cometerem crimes nas Hortênsias têm envolvimento com ataques a banco, diz secretário da Segurança Pública Marco Favero/Agencia RBS
Ranolfo Vieira Júnior concedeu entrevista à Rádio Gaúcha Serra Foto: Marco Favero / Agencia RBS

O vice-governador do Rio Grande do Sul e secretário estadual de Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, concedeu entrevista à Rádio Gaúcha Serra na manhã desta terça-feira (5). Segundo ele, após a prisão dos suspeitos, envolvidos em diferentes ações criminosas na cidade de Gramado, descobriu-se que todos integram uma grande quadrilha. A organização também agia em ataques a banco no Estado, principalmente, na região metropolitana. Ainda de acordo com Ranolfo, depois de encontrado pela Polícia Civil o local de esconderijo do grupo, na cidade de Glorinha, observou-se uma enorme quantidade de materiais explosivos, como dinamites — fato que comprova o envolvimento dos suspeitos com outras ações criminosas.

Leia mais   
Polícia prende sete e buscas seguem a oitavo integrante de quadrilha que assaltou empresário em Gramado
Criminoso que tentava fugir de cerco em Gramado sequestra hóspedes de pousada
Viatura é alvejada durante buscas a criminosos envolvidos em sequestro em Gramado

— São pessoas conhecidas no mundo do crime. Numa das residências, que foi alvo da operação de busca e apreensão, foi recolhida uma grande quantidade de explosivos. Essa apreensão, além de retirar de circulação indivíduos que estão ligados à prática de roubo à residências em Gramado, também coíbe outras ações que eles estariam planejando. Eu digo isso por conta da grande quantidade de explosivos recolhidos. Foram mais de 40 kg. Sem dúvida, eles estavam arquitetando uma ação de roubo ou explosões a banco — explica.

Diante do pânico instalado na população dos municípios de Gramado e Canela com a ação dos criminosos nos últimos dias, especialmente porque eles invadiram residências, propriedades e até uma pousada, o secretário reafirmou o pedido de ajuda a todos os cidadãos. Na visão dele, é preciso que todos sejam um instrumento de prevenção diante de qualquer ação criminosa, comunicando, a qualquer suspeita e imediatamente, a polícia mais próxima. Conforme Ranolfo, uma ação rápida dos órgãos de segurança poderá salvar vidas que estejam correndo perigo.

— São cuidados básicos que é preciso ter em relação à residência, aos dispositivos eletrônicos, alarmes e a cerca eletrificada. É o cuidado no dia-a-dia. Ninguém vai cometer um crime dessa natureza sem monitorar o local. Então, quando a pessoa visualiza um veículo estranho nas proximidades e, no outro dia, vê o mesmo veículo em outro ponto, já deve comunicar as autoridades de segurança. Qualquer movimentação suspeita deve ser comunicada às autoridades.

Durante a entrevista, Ranolfo parabenizou todos os policiais envolvidos na operação contra os criminosos na Região das Hortênsias. Disse que tanto a Polícia Civil e a Brigada Militar quanto o Batalhão do Choque da Região da Serra fizeram e estão realizando um trabalho exemplar. Salientou, ainda, que as buscas continuam ao suspeito, que segue foragido na mata no município de Canela, esperando que tudo se normalize dentro do melhor caminho, sem que mais policiais sejam feridos, já que a ação dos criminosos acabou deixando dois integrantes da Polícia Civil feridos. Um deles passará por uma cirurgia nesta terça-feira em Caxias do Sul.  O outro já havia sido atendido e liberado ainda na sexta-feira.

Ouça a entrevista completa: 

Leia também  
Governo do Estado volta atrás e IPVA 2020 poderá ser parcelado
Daer prevê iniciar limpeza da ERS-122 na tarde desta terça-feira

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros