Presos com caminhão e carro roubados seriam os autores de assassinato em Caxias do Sul - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Homicídio esclarecido26/11/2019 | 11h54Atualizada em 26/11/2019 | 11h59

Presos com caminhão e carro roubados seriam os autores de assassinato em Caxias do Sul

Ação conjunta entre BM e Polícia Civil possibilitou o esclarecimento de morte no Belo Horizonte nesta terça

Presos com caminhão e carro roubados seriam os autores de assassinato em Caxias do Sul Jeferson Ageitos/Agência RBS
Homicídio aconteceu em uma casa na Rua das Torres, no bairro Belo Horizonte Foto: Jeferson Ageitos / Agência RBS

Os três homens presos pela Brigada Militar (BM) com um Ônix e um caminhão roubados seriam os autores do assassinato de um homem no bairro Belo Horizonte, em Caxias do Sul, na manhã desta terça-feira (26). A afirmação é do delegado Adriano Linhares, que prepara a autuação em flagrante ao trio por três crimes: receptação, roubo e homicídio.

Leia mais
Homem é assassinado no sofá de casa em Caxias do Sul

O homicídio aconteceu pouco antes das 6h30min e, momentos depois, foi informado o roubo de um caminhão próximo a rótula do bairro Santa Fé. Os policiais militares, que já estavam mobilizados na região em razão do assassinato, localizaram o veículo pesado e capturaram três criminosos próximo a um motel na ERS-122, em direção a Flores da Cunha.

Para o assalto, os criminosos utilizaram um veículo Ônix que havia sido roubado e clonado no dia 15 de novembro. No carro, os PMs encontraram munições do mesmo calibre utilizado no assassinato no bairro Belo Horizonte. Nenhuma arma foi apreendida na ação. A suspeita é os criminosos as arremessaram em um matagal próximo para evitar provas do crime.

Informada desta prisão, a equipe da Delegacia de Homicídios buscou comprovar a relação deste trio de criminosos com o homicídio do bairro Belo Horizonte — com êxito, segundo o delegado Linhares. Ainda não foram divulgados mais detalhes. De acordo com a BM, os três presos possuíam antecedentes criminais — um deles por homicídio.

A identificação da vítima do homicídio no Belo Horizonte depende de perícia, segundo a polícia. No momento do crime, um outro jovem também estava na casa da Rua das Torres, mas conseguiu fugir do ataque pulando a janela. Ele foi atingido nas costas, buscou socorro em uma empresa próxima e não correria risco de morte.

Segundo informações colhidas pela Polícia Civil, a casa onde o homem foi assassinado era utilizada como ponto de venda de drogas.

Leia mais
Homem fingia ser advogado para enganar comerciantes e agricultores em São Francisco de Paula
Licitação não garante fim do monopólio do transporte coletivo em Caxias do Sul
Mulher denuncia estupro durante festa, em Caxias do Sul

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros