Homens são presos depois de roubar celular de jovens em Caxias - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Roubo a pedestre27/11/2019 | 07h59Atualizada em 27/11/2019 | 07h59

Homens são presos depois de roubar celular de jovens em Caxias

Eles não estavam com os aparelhos no momento da prisão, mas um deles foi reconhecido pelas vítimas

Homens são presos depois de roubar celular de jovens em Caxias Luan Zuchi / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Luan Zuchi / Agência RBS / Agência RBS

Dois homens de 24 e 23 anos foram presos na noite desta terça-feira (26) em Caxias do Sul, depois de roubar o celular de dois jovens de 18 anos que tinham acabado de sair da escola no bairro Pio X. O assalto à mão armada ocorreu por volta das 23h05min, na Rua Tupy.

Leia mais
Presos com caminhão e carro roubados seriam os autores de assassinato em Caxias do Sul
Mulher tem carro roubado por motociclistas armados em Caxias
Casal é detido em Vacaria após assaltar mercado e efetuar disparos em via pública

De acordo com o relato dos adolescentes à polícia, eles foram abordados por quatro homens que estavam em um carro preto, mas não souberam identificar o modelo do veículo. Um dos homens desceu do veículo e apontou uma arma para os dois rapazes, exigindo que entregassem os celulares. O mesmo homem mandou que os jovens corressem e, quando estavam correndo pela Rua Mariana Prezzi, outro homem desceu do carro e correu em direção a eles.

Neste momento, um morador da Rua Mariana Prezzi abriu a porta da garagem para que os jovens se escondessem. Eles chamaram um familiar e acionaram a polícia. Logo em seguida, a Brigada Militar (BM) localizou na Avenida Rubem Bento Alves, no Bairro São José, dois homens com as descrições repassadas pelos adolescentes que haviam sido assaltados.

Eles foram revistados, mas os celulares não foram localizados. Os homens contaram que compraram drogas e estavam esperando a entrega do entorpecente. Eles foram levados à Central de Polícia, onde os jovens reconheceram um deles como o homem que apontou a arma para eles e roubou os celulares. Os dois foram presos em flagrante.

Leia também
Homem mata ex-companheira e tenta suicídio em Vacaria
Comissão Processante ouviu três testemunhas no processo contra o prefeito de Caxias Daniel Guerra
Escola de línguas no Cristóvão de Mendoza, em Caxias, encerra atividades

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros