Polícia ainda não tem pistas sobre motorista de aplicativo desaparecido em Caxias do Sul - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Após quatro dias02/10/2019 | 15h44Atualizada em 02/10/2019 | 15h44

Polícia ainda não tem pistas sobre motorista de aplicativo desaparecido em Caxias do Sul

O carro dele foi encontrado queimado às margens da BR-116, entre Campestre da Serra e Vacaria

Polícia ainda não tem pistas sobre motorista de aplicativo desaparecido em Caxias do Sul Arquivo Pessoal / Divulgação/Divulgação
O motorista Mateus Pereira de Campos Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Segue desaparecido o motorista de aplicativo de carona Mateus Pereira de Campos, 33 anos. Ele foi visto pela última vez no último sábado (28), quando teria saído de casa, em Caxias do Sul, supostamente para atender uma corrida. Horas depois, o carro dele, um March, foi encontrado queimado às margens da BR-116, entre Campestre da Serra e Vacaria.

Leia mais
Com um colega baleado e outro desaparecido, motoristas de aplicativo fazem carreata em Caxias do Sul

Familiares afirmam que existem várias contradições sobre o que está sendo relatado sobre o desaparecimento de Campos.

— Não temos resposta nenhuma. Parece tudo muito devagar. A Polícia Civil está investigando, mas não sabemos de nada e meu irmão continua desaparecido — afirma Suélen Pereira dos Santos, irmã da vítima.

O boletim de ocorrência sobre o desaparecimento foi registrado no momento da localização do carro carbonizado, por isso a investigação está com a Polícia Civil de Campestre da Serra. Campos teria saído casa por volta das 6h. O veículo foi localizado cerca de duas horas e meia mais tarde.

O delegado responsável pela investigação, Anderson Silveira de Lima, diz é cedo para afirmar se há contradições nos relatos.

— A princípio, ele (Campos) estaria trabalhando. Ele estava cadastrado em dois aplicativos e estamos tentando descobrir se ele transportava algum passageiro e para qual empresa — diz o delegado.

A Polícia Civil de Caxias do Sul descartou que o caso seja um assalto ou que tenha relação com o motorista baleado na semana passada. Quem tiver informações sobre o motorista pode denunciar à Brigada Militar, no número 190, ou à família, no telefone (54) 93910-7993 com Suélen.

Leia também
Pai pede ajuda para encontrar adolescente de 13 anos desaparecida em Caxias do Sul
Sem saber, morador auxiliou criminosos em fuga após assalto na Serra, segundo BM
Moradora do bairro Exposição perde mais de R$ 7 mil em golpe de falso funcionário

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros