Idosa perde mais de R$ 1 mil em golpe de falso funcionário de banco em Caxias - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

 Alerta10/10/2019 | 07h51Atualizada em 10/10/2019 | 07h57

Idosa perde mais de R$ 1 mil em golpe de falso funcionário de banco em Caxias

Gerente conseguiu estornar R$ 4.999,00 que golpistas haviam usado para pagamento de título

Uma idosa de 70 anos perdeu mais de R$ 1 mil em um novo golpe que tem sido registrado com frequência em Caxias do Sul: o falso funcionário de banco, que contata clientes para confirmar ou cancelar operações que teriam sido feitas em seus nomes com cartões de crédito. O prejuízo só não foi maior porque a mulher procurou a agência, depois de entregar os cartões, e o gerente estornou R$ 4.999,00 que tinham sido usados para pagar um título. O golpe é similar: as vítimas recebem uma ligação onde a pessoa se identifica como atendente ou gerente do banco e informa ao titular da conta que foram feitas compras nas lojas Americanas.  

 Leia mais
Moradora do bairro Exposição perde mais de R$ 7 mil em golpe de falso funcionário de banco em Caxias
Polícia alerta sobre golpe de falso funcionário de banco em Caxias do Sul
Mulher perde quase R$ 6 mil em golpe de falso funcionário de banco 

De acordo com o boletim policial, a idosa recebeu um ligação por volta das 11h50min desta quarta-feira (9), de um número de celular com código de área 34, e uma moça identificou-se como Suelen; esta moça disse que era gerente do Banrisul e queria confirmar se a vítima havia utilizado o Banricompras. A idosa afirmou que não havia usado o cartão nas Americanas; então, a suposta gerente orientou a mulher a ligar para um 0800 do banco.

Ela ligou e um homem atendeu, dizendo que um funcionário do Banrisul iria até a casa dela no bairro Nossa Senhora de Lourdes para buscar os cartões do banco. Ela digitou as senhas do cartão no telefone e em seguida entregou os cartões, em um envelope, a um homem que estava com o crachá do Banrisul, e se identificou como Gabriel. Ela foi orientada a desligar o telefone e não tentar contatar o banco durante esta quarta-feira.

A idosa relatou ainda que tentou ligar para o filho dela, mas a ligação não completava. Ela foi até o banco e procurou pela gerente Suelen e foi informada que essa pessoa não trabalha na agência. O gerente cancelou os cartões e constatou que foram efetuados saques da conta dela totalizando mais de R$ 1 mil, além de ter sido pago um título no valor de R$ 4.999,00. Mas o gerente estornou o valor e conseguiu cancelar a operação. 

Em entrevista a Gaúcha Serra, o titular da 1º Delegacia de Polícia de Caxias do Sul, Vítor Carnaúba, orienta as pessoas a jamais acreditar em abordagens de supostos funcionários de banco.  

— Não é um tipo de golpe novo, e acontece em todo o Estado. Os bancos não encaminham mensageiros para retirar o cartão nas casas. Essa forma que eles usam para entrar em contato com o titular do cartão para resolver um problema que foi diagnosticado e não existe. Nem a agência bancária quer saber a sua senha, quanto mais um mensageiro que aparece na sua casa — orienta Carnaúba.  

Alerta do Banrisul 

Via assessoria de imprensa, o Banrisul informou que “não entra em contato com os clientes por telefone ou e-mail, solicitando atualizações de segurança, dados pessoais ou senha”. a nota destaca que “se o cliente receber qualquer contato em nome do Banrisul referente a estes assuntos, não realize os procedimentos indicados e contate a sua agência”. 

Leia também
Adolescente é apreendido por pichar prédio da Maesa em Caxias
Última mobilização organizada contra o crack em Caxias do Sul ocorreu há quatro anos 


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros