Assaltantes armados e encapuzados invadem empresa e explodem caixa eletrônico em Serafina Corrêa  - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Ataque 01/10/2019 | 06h25Atualizada em 01/10/2019 | 11h18

Assaltantes armados e encapuzados invadem empresa e explodem caixa eletrônico em Serafina Corrêa 

Criminosos fugiram em direção a Guaporé 

Assaltantes armados e encapuzados invadem empresa e explodem caixa eletrônico em Serafina Corrêa  Divulgação / Brigada Militar/Brigada Militar
Criminosos fugiram em direção a Guaporé Foto: Divulgação / Brigada Militar / Brigada Militar

Um grupo de cinco a seis homens, armados e encapuzados, invadiram uma empresa na madrugada desta terça-feira (1º) para roubar dinheiro de caixas eletrônicos do Banco do Brasil instalados no prédio da BRF S/A, na área central de Serafina Corrêa

O ataque aconteceu por volta das 3h. A ação durou cerca de três minutos, segundo a polícia. Pelo menos 700 funcionários atuavam na empresa no momento do crime.  O grupo usava toucas e pelo menos um deles estava com uma máscara de palhaço. Depois do crime, os assaltantes fugiram em direção a Guaporé. 

Leia mais
Criminosos assaltam banco no Litoral e fogem em direção à Serra
Ladrões atacam caixas eletrônicos na UCS, em Caxias do Sul
Banco do Brasil de Ana Rech, em Caxias, é alvo de bandidos 
Há pelo menos três anos, Serra não ficava seis meses sem assalto a banco

De acordo com a Brigada Militar (BM), os assaltantes renderam dois vigilantes na guarita de acesso à empresa e os mantiveram detidos até que terminasse o assalto. Enquanto isso, dois dos criminosos se dirigiram até os caixas, que ficam a cerca de 50 metros da entrada, e explodiram um dos equipamentos. Ainda não há informação da quantidade de dinheiro levado no ataque.  

— Como hoje é dia de pagamento, os criminosos devem ter levado uma quantia considerável do equipamento — acredita o comandante da Brigada Militar no município, tenente Paulo César do Nascimento. 

Ainda segundo o tenente, uma das portas de um dos caixas foi lançada a cerca de dez metros com o impacto da explosão e, ao cair, provocou um buraco no chão. Ninguém ficou ferido durante o assalto. As imagens de monitoramento serão analisadas pela Polícia Civil

Historicamente conhecida por ataques a bancos, a Serra estava há nove meses sem registrar assaltos deste tipo.  O último crime marcante na região ocorreu em 3 de dezembro de 2018, quando o gerente do Banco do Brasil de Ibiraiaras foi morto durante a troca de tiros entre policiais militares e os bandidos. Na sequência da perseguição, seis assaltantes morreram e outros três foram presos em flagrante.

Já os arrombamentos de bancos são ações mais comuns. Neste ano foram registrados dois ataques a  caixas eletrônicos em Caxias, um na Universidade de Caxias do Sul, em 06 de julho e outro em Ana Rech, em 20 de maio. No ano passado, por exemplo, foram 11 roubos e 20 furtos na Serra. Próximo à Serra aconteceu em 16 de setembro o ataque a agência do Sicredi em Itati. Na ocasião, os bandidos fugiram do Litoral para a região serrana.

Confira na íntegra a nota emitida pela BRF S/A:

Um bando fortemente armado invadiu, na madrugada desta terça-feira, a unidade da BRF em Serafina Corrêa num assalto aos caixas eletrônicos instalados no local. Dois vigilantes terceiros foram rendidos e liberados na sequência.  A BRF já comunicou as autoridades e isolou a área.

Leia também
Com um colega baleado e outro desaparecido, motoristas de aplicativo fazem carreata em Caxias do Sul
Nova cadeia de Bento Gonçalves será inaugurada nessa quinta-feira
Idoso que morreu atropelado em Canela voltava para casa após o trabalho no momento do acidente


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros