Quatro são presos após denúncia de rinha de galos em Canela - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Polícia Ambiental24/09/2019 | 16h36Atualizada em 24/09/2019 | 16h36

Quatro são presos após denúncia de rinha de galos em Canela

Foram encontrados 82 galos de briga, um rifle e 12 quilos de carne de caça congelada

Quatro são presos após denúncia de rinha de galos em Canela Brigada Militar / Divulgação/Divulgação
Foto: Brigada Militar / Divulgação / Divulgação

Uma ação da Brigada Militar (BM) fechou uma rinha de galo em Canela na noite de segunda-feira (23). Três homens foram detidos por crime ambiental e outro preso por porte ilegal de arma de fogo, pois foi encontrado um rifle calibre .40 com silenciador artesanal no local. Ao todo, os policiais encontraram 82 galos, 47 galinhas e 36 pintos.

O flagrante aconteceu na Rua Patrício Zini, bairro Bom Jesus, às 19h30min, quando policiais do 2° Pelotão de Polícia Ambiental (Patram) verificavam denúncias de crueldade contra animais. No galpão, cinco pessoas foram encontradas em volta do tambor onde duas aves brigavam.

Na vistoria, policiais encontraram cinco carcaças de tatu e um pernil de veado, pesando 12 kg, em um freezer. Também foram apreendidos diversos apetrechos utilizados para equipar os galos para os combates, como biqueiras em metal e esporas plásticas, além de medicamentos e anabolizantes.

Os policiais ainda constataram que o esgoto e dejetos da criação das aves estavam direcionados para um córrego nos fundos da propriedade. Três homens de 26, 38 e 51 anos, que não tiveram as identidades divulgadas, foram detidos por crimes contra a fauna. Segundo a BM, um deles já possuía antecedente pelo mesmo crime. Um idoso de 71 anos foi preso como sendo o dono do rifle. 

Leia também
Dupla é presa por tráfico de drogas em Canela
Homem assassinado com três tiros em Bento Gonçalves era motorista de aplicativo
Dupla é presa com revólver e três tijolos de maconha em Bento Gonçalves

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros