Nova cadeia de Bento Gonçalves será inaugurada nessa quinta-feira - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Cerimônia marcada30/09/2019 | 15h44Atualizada em 30/09/2019 | 15h44

 Nova cadeia de Bento Gonçalves será inaugurada nessa quinta-feira

O cronograma para entrega da nova casa prisional da Serra sofreu cinco alterações

 Nova cadeia de Bento Gonçalves será inaugurada nessa quinta-feira Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

O Governo Estadual anunciou que a nova Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves será inaugurada na quinta-feira (3). A cerimônia está marcada para as 10h e terá a presença do governando Eduardo Leite (PSDB). Informações sobre a operacionalização da casa prisional não foram divulgadas pela Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). A nova casa prisional fica na Linha Palmeiro, no interior do município.

Leia mais
Montagem do novo presídio em Bento Gonçalves revela abertura automática de celas
Bloqueadores são promessa sem prazo para novo presídio de Bento Gonçalves
Bento Gonçalves assina doação de área ao Estado para construção de novo presídio

O cronograma para entrega da nova penitenciária de Bento Gonçalves sofreu cinco alterações. Quando a obra começou, em abril de 2018, a conclusão estava prevista para o final de janeiro daquele ano. A última previsão foi dada em julho, quando o governador visitou o prédio e afirmou que a expectativa era que a inauguração acontecesse até o final daquele mês, o que não aconteceu.

O novo presídio abrigará 420 apenados de regime fechado em 48 celas. A estrutura é composta por 18 prédios interligados, que custaram R$ 31 milhões. Além das duas galerias com 48 celas, o projeto prevê ambulatório, lavanderia, cozinha industrial, prédio administrativo e um pavilhão para receber as visitas.

A expectativa é que o município receba 80 novos agentes penitenciários para manter a operacionalização da nova casa prisional. Eles teriam sido escolhidos da turma que se formou em 17 de abril. A penitenciária receberá também, de forma gradativa, os 30 servidores da atual cadeia.

A iniciativa por uma nova casa prisional partiu da comunidade e da prefeitura, que desejavam retirar o atual Presídio Estadual do Centro. A região é considerada nobre, com prédios e comércio em volta. O presídio possui capacidade de engenharia para 96 detentos, mas há anos estava superlotado e abriga 362 apenados, conforme último balanço.

Por diversas vezes, a casa prisional foi chamada de "bomba-relógio no coração da cidade" por autoridades. A prefeitura de Bento defende que, imediatamente após a desocupação, o presídio antigo seja demolido. O Estado, no entanto, não confirma o que será feito com a atual cadeia.

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros