Dois homens participaram de assassinato de mulher em Caxias do Sul - Polícia - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Violência12/09/2019 | 16h18Atualizada em 12/09/2019 | 16h23

Dois homens participaram de assassinato de mulher em Caxias do Sul

As primeiras informações sobre o crime, na manhã desta quinta-feira, apontavam para apenas um criminoso

Dois homens participaram de assassinato de mulher em Caxias do Sul Facebook/Reprodução
Considerada uma funcionária exemplar, ela trabalhava como tecelã e tinha um bom relacionamento com todos no trabalho Foto: Facebook / Reprodução

Diferentemente do que se suspeitava no início da manhã desta quinta-feira (12), a mulher morta a facadas em Caxias do Sul foi atacada por dois criminosos, e não apenas por um. De acordo com as primeiras informações,  Eliane Paula Mazzochini, 45 anos, foi atacada logo ao descer do ônibus na Rua Carlos Cesa, no bairro Sanvitto, entre a loja Cassol e o Martcenter. Ela teria resistido a uma tentativa de roubo e foi golpeada no lado esquerdo do abdômen. 

Funcionárias do hospital Tacchini, de Bento, estavam chegando ao local para pegar a van e ir até o trabalho e prestaram os primeiros socorros à Eliane. Logo após ela foi atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas morreu a caminho do hospital. Segundo a polícia, nada foi roubado e os dois criminosos, que seriam usuários de drogas, teriam fugido em direção à Vila Amélia.

Leia mais
Mulher é morta a facadas e Caxias registra 60 assassinatos no ano
"É um crime que assusta, nos faz ter medo", lamenta colega que trabalhava com mulher morta a facadas em Caxias 

Ao longo da manhã desta quinta, os agentes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) ouviram testemunhas no posto situado nas proximidades e na malharia onde a vítima trabalhava. Imagens de câmeras de segurança dos estabelecimentos comerciais também foram analisadas pela polícia.

O corpo de Eliane será velado na capela Santo Antônio, na localidade de Cerro da Glória. O enterro está marcado para sexta-feira (13), às 10h, no cemitério da mesma localidade.

Com esta morte, Caxias do Sul registra quatro latrocínios no ano, e 60 mortes violentas em 2019. Os outros casos de roubo seguido de morte foram registrados em março, julho e agosto. As vítimas foram Darci Alves de Brito, 68 anos,  Maicon da Silva, 29 anos, e Luis Francisco Borges, 62 anos.

Leia também
Advogada feita refém com o filho de oito anos relata momentos de pânico em Caxias do Sul 
Jovem é baleado enquanto assistia a partida de futebol em Caxias
Após ter carro arrombado e objetos furtados, homem persegue e imobiliza suspeito em Caxias  



 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros