Mais policiais nas ruas de Caxias do Sul passam sensação de segurança para a comunidade - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Reforço temporário31/08/2019 | 15h25Atualizada em 31/08/2019 | 15h28

Mais policiais nas ruas de Caxias do Sul passam sensação de segurança para a comunidade

66 novos soldados estão atuando na cidade

Mais policiais nas ruas de Caxias do Sul passam sensação de segurança para a comunidade Lucas Amorelli/Agencia RBS
66 novos soldados estão atuando na cidade Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

Por mais que se busquem novas formas de combate ao crime, como o uso de tecnologias, não há estratégia de segurança pública mais efetiva do que policiais nas ruas. Caxias do Sul está comprovando isto nas últimas duas semanas, já que é possível ver mais policiais militares caminhando pela área central. A estratégia faz parte de uma adaptação dos 66 novos soldados recebidos pelo 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM). No entanto, em breve, esses PMs precisarão ser distribuídos para outra função. 

Leia mais
Distribuição de novos soldados fará com que 15 cidades da Serra passem a ter 5 PMs  
Governo do RS anuncia novo Batalhão de Choque e Serra ganhará 110 PMs em agosto 

O major Emerson Ubirajara, subcomandante do 12º BPM, explica que o 12° cedeu 52 brigadianos experientes para compor o novo Batalhão de Choque na Serra, que está em fase de instalação. Esta tropa especializada em ocorrências ais graves contará com 110 PMs e terá sede em Caxias do Sul, mas com uma atuação regional. 

– Estamos aproveitando o momento de serem soldados novos e ainda estarem agrupados para que possamos manter este tipo de policiamento. Mas, em alguns dias, deveremos distribuí-los para suprir outras funções – afirma o major, garantindo ainda que será criado um pelotão de 20 brigadianos que continuará as patrulhas pela área central até o final do ano.

"É um respeito, né?"

O aumento de policiais militares nas ruas provocou uma sensação de maior segurança por quem trabalha e transita pela área central nos últimos dias. Proprietário da Cafeteria Doce Mel, próxima ao paradão na Rua Bento Gonçalves, João Carlos de Souza afirma que a presença policial lembra a Caxias do Sul de 20 anos atrás.

(Os PMs) estão direto por aí, caminhando para lá e para cá. É um respeito, né? Estas paradas de ônibus costumam dar muito problema, mas já diminuíram aqueles pequenos assaltos, como furto de celular – conta o empresário que mantém a lancheria naquele local há 36 anos.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL (29/08/2019)João Carlos de Souza, proprietário da Cafeteria Doce Mel, na Rua Bento Gonçalves, há 36 anos. Eles relatam um aumento de policiais militares circulando pelo Centro de Caxias do Sul, especialmente a pé. (Antonio Valiente/Agência RBS)
Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS

Além de tranquilizar a comunidade, o reforço também resultou em prisões. Uma destas aconteceu na última terça-feira, quando um homem de 34 anos roubou um Focus dentro do estacionamento do hipermercado Big. Na saída pela Rua Vinte de Setembro, o ladrão colidiu contra uma caminhonete e tentou prosseguir a fuga a pé. O criminoso foi preso por PMs que passavam a pé pelo local.

– É uma área que sempre procuramos ter policiais porque é um ponto quente, como chamamos, onde acontecem roubos e furtos de veículos. Sempre que possível, reforçamos o policiamento ali, seja a pé ou com motocicletas. Neste dia, algum desavisado que não sabia desta maior  presença policial se acidentou e foi preso – aponta o major Ubirajara.

O comando do 12º BPM afirma ser importante ter policiais militares a pé, pois permite uma atuação com foco mais comunitário e preventivo, ao contrário do trabalho com viaturas, que muitas vezes estão presentes, mas as pessoas não enxergam pela rapidez normal de um automóvel.

– O policiamento a pé consegue se fazer mais visível. Os policiais podem parar em frente a um estabelecimento, ter contato com quem está passando pela rua e conversar com os comerciantes. Infelizmente, não conseguimos manter o ano inteiro porque precisamos atender a toda a demanda de Caxias do Sul, uma cidade com meio milhão de habitantes – explica o major Ubirajara.

Leia também
Daer fará estudo dos limites de velocidade na RSC-453, entre Farroupilha e Garibaldi
Saiba quais serão os pontos da Operação Radar, em Caxias, no mês de setembro 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros