Bento Gonçalves é a cidade mais violenta do interior do Rio Grande do Sul - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Atlas da Violência06/08/2019 | 17h51Atualizada em 13/08/2019 | 14h38

Bento Gonçalves é a cidade mais violenta do interior do Rio Grande do Sul

Estudo sobre homicídios com base na população aponta a Capital do Vinho como 9º município mais violento do Estado. Caxias aparece em 15º.

Bento Gonçalves é a cidade mais violenta do interior do Rio Grande do Sul Siliane Vieira/Agência RBS
Número continuam a crescer: em 2019, Bar dos Amigos foi palco da maior chacina da história de Bento Foto: Siliane Vieira / Agência RBS

Caxias do Sul está entre os 80 municípios que mais tiveram assassinatos em 2017, aponta o principal levantamento de dados sobre a violência no Brasil. O Atlas da Violência 2019 foi divulgado nesta segunda-feira (5) pelo Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea) e Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

A comparação entre a população dos municípios analisados, contudo, coloca Bento Gonçalves como o município mais violento da Serra e em nono no Rio Grande do Sul — enquanto Caxias do Sul aparece como 15º no Estado.

Leia mais:
Apenado em prisão domiciliar é o quarto assassinado em cinco dias em Bento Gonçalves
Chacina com cinco mortos em Bento Gonçalves é a maior do ano no RS   
Pela primeira vez, Bento Gonçalves chega a 40 assassinatos em um ano
Saiba por que 2018 é o ano mais violento na história de Bento Gonçalves 

Por ter alcance nacional e confrontar a indiferença histórica dos governos em formular estatísticas sobre a violência, o Atlas da Violência é publicado com um "atraso" de dois anos. A importância do estudo é que seus números permitem a comparação entre locais com diferentes tamanhos de população, criando um padrão. 

A situação da Serra exemplifica a intenção desta medida. Com 483 mil habitantes, Caxias do Sul contabilizou 131 assassinatos em 2017. Em Bento Gonçalves, foram 39 homicídios para 115 mil moradores. O número de vítimas em Caxias do Sul é maior, mas quando equivalemos as populações em 100 mil habitantes percebemos que o índice de mortes é maior na Capital do Vinho: 33,9 contra 27,1.

De acordo com o Atlas da Violências, em 2017, existiam 310 municípios brasileiros com mais de 100 mil habitantes. O estudo mostra que as taxas de homicídio destas cidades variou entre 2,7 e 145,7, sendo que a taxa média de homicídios nesse conjunto foi de 37,6 — portanto, Caxias do Sul e Bento Gonçalves estão abaixo da média.

Esta é a segunda parte divulgado do Atlas da Violência 2019. Em junho, o Ipea divulgou a comparação por Estado. Em 2017, aconteceram 65.602 homicídios no Brasil, o que equivale a uma taxa de aproximadamente 31,6 mortes para cada cem mil habitantes. É o maior nível histórico de violência intencional no país.

O Rio Grande Sul contabilizou 3.316 homicídios, o que resulta em uma taxa de 29,3 mortes para cada 100 mil habitantes. O Atlas da Violência mostra que a taxa de homicídios do Estado cresceu pela quarta vez consecutiva e atingiu o maior número em 10 anos.

Foto: Arte / Agência RBS

Leia também:
Homem morre em perseguição policial por rota turística de Bento Gonçalves
Cerimônia apresenta novos policiais militares formados em Caxias do Sul
Homem que furtou ônibus vestindo apenas cueca tem 91 passagens pela polícia

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros