Tráfico pode ter motivado execução seguida de incêndio criminoso no bairro Santa Fé, em Caxias do Sul   - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Investigação17/07/2019 | 11h40Atualizada em 17/07/2019 | 17h41

Tráfico pode ter motivado execução seguida de incêndio criminoso no bairro Santa Fé, em Caxias do Sul  

Polícia vai ouvir pessoas que foram presas por tráfico na Rua dos Araquas na segunda-feira, para saber se tem relação com o crime desta madrugada

Tráfico pode ter motivado execução seguida de incêndio criminoso no bairro Santa Fé, em Caxias do Sul   Marcelo Passarella/Agência RBS
Criminosos atiraram contra vítima e atearam fogo à residência Foto: Marcelo Passarella / Agência RBS

A Delegacia de Homicídios investiga se a execução seguida de incêndio criminoso registrada por volta de 1h desta quarta-feira (17), no bairro Santa Fé, em Caxias do Sul, pode estar vinculada a algum desacerto relacionado ao tráfico de drogas. O crime ocorreu em uma residência na Rua dos Araquas e, segundo a ocorrência policial, dois homens chegaram à casa em uma motocicleta e executaram a vítima com diversos tiros. 

Logo após, atearam fogo à residência. A pessoa que estava no interior da moradia foi encontrada carbonizada e sua identificação será confirmada a partir do exame de DNA do Instituto Geral de Perícias (IGP).  No local do crime foram encontrados um carregador de pistola calibre 9mm com 16 cartuchos, dois carros e uma motocicleta que foi consumida pelas chamas. Um dos veículos, de acordo com a polícia, tem placas da Região Metropolitana.  

— Temos que saber se isso foi um desacerto dentro de uma mesma organização criminosa ou se temos novamente o início de um confronto entre organizações pelo domínio de pontos de tráfico de drogas. Pela cena do crime, tudo indica que tem uma vinculação com o tráfico — explica o titular da Delegacia de Homicídios, Rodrigo Duarte.

Leia mais
Bombeiros atendem a três incêndios em pouco mais de cinco horas em Caxias
Polícia investiga homicídio seguido de incêndio criminoso no bairro Santa Fé em Caxias  Dois são presos por mortes seguida de incêndio em Caxias do Sul 

Ainda de acordo com o delegado, resta confirmar se casa do crime desta quarta-feira é uma das residências da Rua dos Araquas onde houve cinco prisões relacionadas ao tráfico de drogas na última segunda-feira (15). Neste dia, a ação começou quando policiais da Brigada Militar localizaram um homem de 34 anos dentro de um veículo Peugeot com maconha, crack e cocaína. No interior da casa em que o veículo estava na frente, foi detida uma mulher de 19 anos, além de crack, maconha e dinheiro. 

Na mesma rua, neste mesmo dia, foram presas mais três pessoas: um homem de 58 anos, outro de 18 e uma mulher de 20. No interior da moradia onde eles estavam foram encontrados crack, maconha, dinheiro, celulares e uma câmera de monitoramento. Ao todo, na ação foram apreendidos mais de 3 kg de maconha, 35 gramas de cocaína e 173 gramas de crack, além de seis telefones celulares.  

A partir de agora, a polícia busca ouvir os presos nessa ocorrência para esclarecer as circunstâncias do crime desta quarta.

Outros casos

Este é pelo menos o terceiro caso registrado em 2019 envolvendo homicídio seguido de incêndio a moradia em Caxias do Sul. No dia 31 março, quatro homens armados invadiram uma moradia no bairro Vila Ipê e ordenaram que mulheres e crianças deixassem o local. Eliel Francisco da Silva Farias, 23 anos, e João Vitor Cordeiro Licheski, 19, foram mortos a tiros.

No dia 6 de abril, quatro criminosos entraram em uma casa abandonada no bairro Jardelino Ramos e efetuaram pelo menos 20 disparos de arma de fogo no interior do imóvel antes de incendiarem parte da casa. O ataque que resultou em uma pessoa morta foi filmado pelos criminosos. 

Leia também
Polícia investiga homicídio seguido de incêndio criminoso no bairro Santa Fé em Caxias 
Detento em prisão domiciliar é flagrado com maconha e motocicleta furtada em Caxias 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros