Pai tirou filha de casa antes de matar companheira em Bom Jesus, segundo polícia - Polícia - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Feminicídio29/07/2019 | 10h56Atualizada em 29/07/2019 | 19h17

Pai tirou filha de casa antes de matar companheira em Bom Jesus, segundo polícia

Homem de 40 anos, considerado suspeito, está sendo procurado

A Polícia Civil de Bom Jesus busca localizar um homem de 40 anos que é considerado o principal suspeito de ter matado com pelo menos três tiros Gabrielle Paim da Silva, de 18 anos, na noite deste domingo (28). O homem era companheiro da vítima e eles têm uma filha de oito meses. 

Segundo a Polícia Civil, o caso se trata de feminicídio. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Carlos Alberto Defaveri, a polícia tem convicção de que o homem é o autor do crime, diante do relato de testemunhas e das circunstâncias que antecederam o assassinato.

—Já foram tomadas providências para coletar o depoimento de pessoas que presenciaram o fato ou mesmo que chegaram no local instantes depois (do crime). Antes do assassinato, o homem retirou o bebê da residência e o entregou para uma outra pessoa. Ele não foi preso em flagrante, ele fugiu — salienta o delegado, afirmando ainda que  vai solicitar a prisão preventiva do suspeito.

Conforme a Polícia Civil, Gabrielle chegava em casa com uma amiga quando foi agredida e alvejada a tiros pelo autor do crime. Ela teria tentado correr para dentro de casa, mas o suspeito arrombou a porta e a matou. Segundo a polícia, o homem assassinou a mulher porque ela queria terminar o relacionamento. Ele também tentou atirar contra a amiga dela, mas não conseguiu ferir a mulher. 

Leia também
Homem ameaça esposa e é preso por posse ilegal de arma no interior de Caxias
Jovem de 18 anos é morta a tiros em Bom Jesus 
Jovem é vítima de tentativa de homicídio em Caxias 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros