Homem morto em beco de Caxias do Sul foi preso duas vezes por tráfico de drogas na mesma região do homicídio - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Investigação11/06/2019 | 10h46Atualizada em 11/06/2019 | 10h53

Homem morto em beco de Caxias do Sul foi preso duas vezes por tráfico de drogas na mesma região do homicídio

Flagrantes aconteceram em setembro e outubro no ano passado

O tráfico de drogas é a primeira linha de investigação para a morte de Irian Moraes de Souza, 35 anos, em Caxias do Sul. A execução aconteceu na noite de sexta-feira (7), quando a vítima foi encontrada caída em um beco da Rua Valter Carlos Afonso, no bairro Montes Claros. Souza foi sepultado ainda no domingo no cemitério do Capão da Erva, no distrito de Vila Seca.

Durante o atendimento da ocorrência, moradores da localidade teriam relatado aos policiais o envolvimento da vítima com o tráfico na região. A informação foi confirmada pela ficha policial de Souza, que foi preso duas vezes no ano passado. Os flagrantes foram realizados pela Brigada Militar em setembro e outubro de 2018, ambos na Rua Carmem Gobatto — que faz esquina com a rua onde ele foi assassinado.

A investigação está em fase inicial e busca o depoimento de testemunhas e familiares para identificar possíveis autores do crime. A análise preliminar no cadáver identificou oito ferimentos por tiros, contudo, apenas o resultado da necropsia poderá apontar quantas marcas representam tiros e quantas são apenas a saída das balas de arma de fogo. A Delegacia de Homicídios também aguarda a perícia para determinar o calibre da arma utilizada no assassinato.

Este é o terceiro homicídio registrado no bairro Montes Claros neste ano. Em março, um homem de 33 anos foi executado dentro de casa, na Rua Firmino Bonet. No dia 4 de junho, um morador de 38 anos da Rua Arlindo José Kahler foi encontrado morto com ferimento na cabeça, que possivelmente aconteceu durante uma briga na rua.

No total, Caxias do Sul contabiliza 36 assassinatos neste ano. Quem tiver informações sobre homicídios no município pode denunciar anonimamente diretamente à Delegacia de Homicídios pelo aplicativo do Whatsapp no número (54) 9 8414-9840.

Leia também:
Homem bêbado anuncia assalto e é detido após clientes reagirem em Vacaria
Homem é preso em Caxias do Sul após furtar automóvel no bairro De Lazzer
Entregador perde lanche e celular em assalto em Caxias do Sul

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros