Prefeito reforça discurso por destruição da atual cadeia de Bento Gonçalves  - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

"Bomba-relógio"01/05/2019 | 08h00Atualizada em 01/05/2019 | 08h00

Prefeito reforça discurso por destruição da atual cadeia de Bento Gonçalves 

Secretaria de Administração Prisional admite compromisso, mas ainda não tem planejamento

Prefeito reforça discurso por destruição da atual cadeia de Bento Gonçalves  Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Prefeito Guilherme Pasin e o secretário Cesar Luis Facciolin durante visita a nova casa prisional Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Uma das preocupações em Bento Gonçalves é sobre o destino do atual presídio, que fica no centro da cidade e é chamado de "uma bomba-relógio". O prefeito Guilherme Pasin (PP) reforçou a necessidade durante o encontro com o secretário estadual Cesar Luis de Araújo Faccioli, da nova pasta de Administração Penitenciária, nesta terça-feira (30). O prédio da nova cadeia, na Linha Palmeiro, está pronto, mas ainda não há um cronograma para a inauguração.

Leia mais:
Prédio está pronto, mas não há cronograma para inauguração do novo presídio de Bento Gonçalves
Inauguração da Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves vai ficar para maio
Bloqueadores são promessa sem prazo para novo presídio de Bento Gonçalves  

— Tivemos a tranquilização de que a palavra empenhada no passado, é um compromisso do presente e uma missão do futuro. Tão logo o último preso sair deste presídio no centro da cidade, este será totalmente desativado e obviamente terá suas paredes demolidas para que não tenham vozes e ideias diferentes. Até porque foi um processo de confiança. O município comprou esta área, doou para o Estado e foi parceiro em todas as fases construtivas com a certeza de que aquela casa prisional fosse desativada — afirma o prefeito de Bento Gonçalves.

Em sua manifestação à imprensa, contudo, o secretário estadual evitou dar detalhes do planejamento para atual cadeia. O Presídio Estadual foi planejado pela engenharia com 96 vagas, mas abriga 362 presos conforme último balanço divulgado pela Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe).

— Obviamente, o compromisso da Secretaria e da Susepe é cumprir o que acordado o que foi acordado lá atrás no antigo governo. O plano de cumprimento desta movimentação é o que está sendo discutido e detalhado neste momento — afirma Faccioli.

Sobre a chegada de novos agentes penitenciários, o que é necessário para a operação da nova casa prisional, o secretário de Administração Penitenciária aponta que já estão pré-direcionados os servidores que recentemente foram formados no curso de capacitação da Susepe.

Leia também:
Vereador de Farroupilha quer exame toxicológico para CCs
"Jamais se espera que aquele que tem o dever de proteger seja o algoz", diz advogado de família do refém morto por PM
Promotor recorreu ao TJ para ter júri aberto no Caso Naiara em Caxias

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros