Bicicletas, motosserra e caixas de café: polícia procura donos de itens recuperados na Serra - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Estelionato16/05/2019 | 15h35Atualizada em 16/05/2019 | 15h39

Bicicletas, motosserra e caixas de café: polícia procura donos de itens recuperados na Serra

Caso vítimas de golpes pela internet não sejam encontrados, objetos serão doados judicialmente

Bicicletas, motosserra e caixas de café: polícia procura donos de itens recuperados na Serra Antonio Valiente/Agencia RBS
Polícia Civil procura donos de itens recuperados em investigação contra estelionato Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS

Bicicletas, rodas, mesa de som, motosserra e dezenas de caixas de cafés. Estes foram os objetos recuperados pela Polícia Civil durante uma ação contra estelionato na Serra. Agora, os investigadores procuram pelos proprietários destes itens. A preocupação com os produtos perecíveis, que começam a perder a validade em julho. Caso os donos não sejam encontrados até o final deste mês, será iniciado o processo judicial para doação das caixas de café e derivados.

Leia mais:
Saiba quais são os 10 golpes que mais enganam os caxienses
Estelionato faz 1,8 mil vítimas na Serra e preocupa policiais

A apreensão aconteceu em Farroupilha no dia 8 de abril. A suspeita é que os objetos sejam resultados de golpes do falso comprador de produtos usados, principalmente por sites especializados na internet. Para enganar suas vítimas, os estelionatários fazem falsos depósitos em caixas eletrônicos (confira quadro abaixo). Quando a vítima percebe que está sendo enganada, o produto já foi entregue.

Foi uma investigação das delegacias de Caxias do Sul que chegou a este depósito em Farroupilha, Durante o mandado de busca, dois homens foram presos em flagrante: um de 32 e outro de 38 anos. Ambos não tinham antecedentes criminais e respondem em liberdade as autuações por receptação. Ainda é investigado qual o envolvimento deles com esta rede criminosa de estelionato. Os nomes não foram divulgados pela polícia.

— É uma organização criminosa e cada um tem uma função. Este é o nosso viés, é o que estamos buscando as provas. Estes dois fazem parte do grupo. Acreditamos que a origem (destes golpes) seja o sistema prisional, pois grande parte dos estelionatos partem dos presídios — explica o delegado Vítor Carnaúba, da 1ª Delegacia de Polícia (1ª DP) de Caxias do Sul.

Vítimas que reconhecerem os objetos recuperados podem entrar em contato com a 1ª DP pelo telefone (54) 3221-4000.

ATENÇÃO AO ENVELOPE VAZIO

O depósito do envelope vazio é um meio de enganar as vítimas que aparece em diversos tipos de estelionato. Este depósito é feito em caixas eletrônicos, onde é informado o valor combinado com a vítima ou até maior. Este valor aparece no extrato como "a compensar", porém muitas vítimas acreditam que o dinheiro já entrou e concluem a negociação. O depósito, contudo, só é compensado após o banco verificar o envelope — que, neste caso, está vazio e a transação é cancelada.

Este truque é mais utilizado antes de finais de semana ou feriados, pois o banco só irá verificar o envelope no próximo dia útil.

OBJETOS APREENDIDOS
:: Quatro rodas
:: Duas bicicletas
:: Uma motosserra
:: Uma mesa de som
:: 18 caixas de café
:: Uma caixa de suco

Leia também:
Inquérito é aberto para investigar conduta de policial em caso de suposta agressão contra mulher em Canela
Policiais da Serra participam de operação que prendeu suspeitos de comércio ilegal de armas

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros