Bebê de mulher assassinada em Bento Gonçalves morre após cesárea de emergência - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Polícia22/05/2019 | 08h14Atualizada em 22/05/2019 | 08h17

Bebê de mulher assassinada em Bento Gonçalves morre após cesárea de emergência

A Polícia Civil cogita a possibilidade de que o assassinato de Andressa Erbice tenha ocorrido por engano 

O bebê de Andressa Weber Erbice, 24 anos, que foi assassinada na noite desta terça-feira (21), no bairro Santo Antão, em Bento Gonçalves, morreu por volta das 6h20min desta quarta-feira (22). O bebê do sexo feminino havia sido socorrido com vida por meio cesárea de emergência na terça. Andressa estava no sétimo mês de gravidez.

A Polícia Civil de Bento Gonçalves cogita a possibilidade de que o assassinato de Andressa tenha ocorrido por engano. Segundo o delegado responsável pelo caso, Álvaro Becker, os criminosos atiraram contra a porta da residência da vítima, na parte exterior da moradia. Andressa chegou a ser socorrida e levada ao hospital Tacchini, mas não resistiu aos ferimentos. 

Leia mais
Grávida é morta a tiros em Bento Gonçalves 

Becker afirma a possibilidade de execução por engano ocorre devido ao fato de os atiradores permanecerem do lado de fora enquanto efetuavam os disparos. Assim, uma linha de investigação cogitada pela polícia é que o crime tenha sido motivado por um acerto de contas relacionado ao tráfico, cujo alvo poderia ser outra pessoa. A vítima estava próxima à porta da moradia no momento em que foi atingida pelos projéteis.  

— É uma possibilidade (acerto de contas equivocado em função do tráfico), mas ainda temos que apurar mais informações a respeito da motivação. Acreditamos que os criminosos estavam procurando outra pessoa. Tudo leva a crer, diante da atual conjuntura no município, que o crime tenha acontecido por esse motivo. Mas descartamos a possibilidade de feminicídio — destaca o delegado.  

Após o crime, os atiradores fugiram a bordo de um veículo Gol branco e abandonaram o automóvel antes de fugir para um beco. Segundo a polícia, eles estão refugiados em um matagal e Brigada Militar segue as buscas que iniciaram logo após o crime, ainda na noite desta terça. O veículo Gol utilizado para a fuga foi roubado em Veranópolis no últimio sábado (18) e foi recolhido e vai passar por análise do Instituto Geral de Perícias (IGP), o que pode ajudar a esclarecer as circunstâncias do crime.    

Leia também
Homem é encontrado morto embaixo de laje em Bento Gonçalves
Grávida de nove meses, esposa do motorista de aplicativo morto em São Francisco de Paula diz que ele não conhecia passageira

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros