Polícia procura dupla que matou por dívida de R$ 20 em Caxias do Sul - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Denuncie14/01/2019 | 17h35Atualizada em 14/01/2019 | 17h48

Polícia procura dupla que matou por dívida de R$ 20 em Caxias do Sul

Furto de um boné teria motivado ameaças entre funcionário e chefe

Polícia procura dupla que matou por dívida de R$ 20 em Caxias do Sul Polícia Civil / Divulgação/Divulgação
Ricardo Maciel de Oliveira foi reconhecido por testemunhas como autor dos tiros Foto: Polícia Civil / Divulgação / Divulgação

Uma dívida de R$ 20 motivou o assassinato de Márcio José dos Santos, em Caxias do Sul, no dia 23 de dezembro de 2018. Esta foi a conclusão da Polícia Civil, que indiciou Ricardo Maciel de Oliveira, 21 anos, e Gabriel Batista Varela, 18, por homicídio duplamente qualificado. Os dois estão com prisão preventiva decretada no dia 3 de janeiro e são considerados foragidos.

O crime aconteceu na Rua Emétrio São Barreto, no bairro Desvio Rizzo. De acordo com a Delegacia de Homicídios, Oliveira era vidraceiro e trabalhava para Santos. Após um serviço de manutenção, uma loja teria relatado o sumiço de um boné e acusado o funcionário de furto. Santos teria pago R$ 20 para a cliente e descontado o valor do salário de Oliveira, o que iniciou as desavenças entre os dois.

— Naquele dia, eles foram até a residência, mas a vítima não estava. Então, ficaram nas imediações esperando. Quando a vítima retornou, o Ricardo (de Oliveira) efetuou os disparos que levaram a vítima a óbito. As testemunhas reconheceram ambos os envolvidos — aponta o delegado Rodrigo Kegler Duarte.

Testemunhas também relataram que a vítima recebeu ameaças de morte por telefone de Oliveira em razão dos R$ 20. Durante a investigação, Oliveira e Varela não foram encontrados e são considerados foragidos da Justiça. Eles foram indiciados por homicídio qualificado por motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima. Eles não possuíam antecedentes criminais relevantes.

Quem souber o paradeiro dos procurados pode denunciar anonimamente pelos telefones (54) 3238-7228 e 190 ou pelo aplicativo Whatsapp no número (54) 98414-9840.

Leia também:
Secretaria confirma morte de égua encontrada atolada no bairro Fátima, em Caxias
Caminhão de coleta de lixo cai sobre três residências em Bento Gonçalves
50 motoristas são flagrados sem cinto de segurança em pouco mais de uma hora de fiscalização em Caxias

tFrom:cms -->
 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros