Polícia Civil busca imagens sobre ataque a morador de rua em Caxias - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 

Violência10/01/2019 | 17h10Atualizada em 10/01/2019 | 17h10

Polícia Civil busca imagens sobre ataque a morador de rua em Caxias

Delegacia de Homicídios procura informações sobre rotina e locais frequentados pelo homem que possam levar à motivação do crime

Polícia Civil busca imagens sobre ataque a morador de rua em Caxias Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Caxias do Sul tenta conseguir imagens de câmeras de monitoramento que mostrem o ataque que vitimou Fabiano Vicente Figueiró, de 38 anos, no início da manhã de ontem. Por volta das 6h, o homem foi atingido com golpes de faca na Rua Vinte de Setembro, junto à sede do 5º Batalhão de Bombeiro Militar, no centro da cidade. Após ser ferido, o homem buscou socorro nos bombeiros e foi encaminhado ao Hospital Pompéia, mas não resistiu aos ferimentos.

Leia mais
Morador de rua é morto com golpes de faca próximo ao quartel dos bombeiros de Caxias

O corpo foi encaminhado ao Posto Médico-Legal (PML) para necropsia, que deve indicar quantos golpes ele levou e onde o atingiram. 

Segundo o delegado Rodrigo Kegler Duarte, titular da DHPP, Figueiró é natural de Porto Alegre e tem diversos registros policiais por furto na Capital (2013) e nas cidades de Cachoeirinha (2017), na Região Metropolitana, Vacaria (2017), nos Campos de Cima de Serra, e em Caxias do Sul (2018). Os casos de Caxias ocorreram em junho do ano passado, em uma residência e em um prédio, ambos na Rua Santos Dumont, no bairro Exposição. À época, Figueiró acabou sendo preso. Ele saiu da cadeia no mês seguinte, em 12 de julho. Entre as ocorrências relacionadas ao homem, consta, ainda, posse de entorpecentes e que ele era morador de rua.

A equipe da delegacia também busca pessoas que possam ter informações sobre Figueiró, sua rotina e locais que frequentava para chegar à motivação para o crime e autor.

– É uma ocorrência que foge do padrão registrado em homicídios aqui em Caxias do Sul, com golpes de arma branca contra um morador de rua. Vamos investigar se pode ter relação com algum tipo de vingança, mas existem várias possibilidades – aponta o delegado responsável pelo caso, Rodrigo Duarte. 

Esse foi o quarto assassinato registrado em Caxias do Sul nos 10 dias primeiros dias de 2019.

Quem tiver câmeras nas imediações de onde o crime foi cometido que tenha feito algum registro do caso ou de suspeitos nesse horário pode procurar a Delegacia de Homicídios. O telefone é o 54 3238-7728.

Leia também:
Tarifa da água não terá reajuste em 2019 em Caxias do Sul
Primeiro trecho de reformulação do acesso ao Santa Fé, em Caxias, começa a ser pavimentado neste sábado

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros