Companheira é novamente presa pelo latrocínio de joalheiro em Caxias do Sul - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Crime17/01/2019 | 19h34Atualizada em 17/01/2019 | 19h34

Companheira é novamente presa pelo latrocínio de joalheiro em Caxias do Sul

Ré havia sido beneficiada com habeas corpus em outubro

Companheira é novamente presa pelo latrocínio de joalheiro em Caxias do Sul Polícia Civil/Divulgação
A mulher havia sido presa em flagrante na época do crime, junto com três homens Foto: Polícia Civil / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

A Polícia Civil voltou a prender Cristiana Alves da Rosa dos Santos, 40 anos, que foi indiciada pelo latrocínio do companheiro, Silvio Mondin Neto, 57 anos, no interior do distrito de Santa Lúcia do Piaí, no dia 5 de agosto de 2018. A mulher havia sido presa em flagrante na época do crime, junto com três homens, mas foi beneficiada por uma ordem judicial em outubro e passou a responder ao processo em liberdade.

Leia mais
Homem é assassinado a facadas em Santa Lúcia do Piaí, em Caxias
Quatro são presos por suspeita de latrocínio em Caxias do Sul
Companheira de joalheiro morto em Caxias é presa por suspeita de envolvimento no crime
Joalheiro morto em latrocínio também se dedicava a criar aves no interior de Caxias

Com a prisão preventiva decretada no início desta semana, Cristiana se apresentou durante audiência no Fórum nesta quinta-feira (17). Agentes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) foram acionados para registrar a prisão e conduzi-la ao Presídio Regional.

Neto era joalheiro e também trabalhava com venda de animais. Ele foi morto a golpes de faca. O corpo estava a poucos metros de sua casa, na localidade de Linha São Paulo. Durante apuração no local do crime, Cristiana caiu em contradição ao falar com os investigadores da Draco. Foi assim que os policiais chegaram até Rogério Machado Santos, ex-marido de Cristiana, o filho dele, Rogério Machado Santos Júnior, e Bruno da Silva Garcia.

Na época, o delegado Adriano Linhares apontava que a companheira participou do planejamento do assalto, mas não estava na hora do crime.

Leia também
Entrega da nova cadeia de Bento Gonçalves é prorrogada para abril
Decreto de contenção de gastos do Estado suspende licitação para reforma da escola Cristóvão de Mendoza

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros