Polícia investiga caso de mulher mantida em cárcere privado em Caxias do Sul - Polícia - Pioneiro

Versão mobile

 

Prisão05/12/2018 | 07h24Atualizada em 05/12/2018 | 07h29

Polícia investiga caso de mulher mantida em cárcere privado em Caxias do Sul

Ela não era vista desde o dia 25 de novembro

A Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) investigará um caso de cárcere privado denunciado na terça-feira à Polícia Civil de Caxias do Sul. O crime chegou ao conhecimento da Brigada Militar por meio de uma denúncia ao disque 100. A vítima, uma mulher de 24 anos, não era vista desde o dia 25 de novembro. O companheiro dela de 32 anos foi preso em flagrante. 

Conforme o boletim de ocorrência, colegas da vítima contaram à polícia que a mulher era agredida frequentemente pelo companheiro, inclusive, no local de trabalho. A mulher não compareceu mais ao serviço, o que despertou desconfia nos demais funcionários que resolveram acionar a BM. 

Ao se deslocarem até a moradia da vítima, na Zona Norte da cidade, os policiais a encontraram em um quarto com hematomas no braço. Ela também demonstrava muito medo, conforme o relato da guarnição. Inicialmente, a vítima negou as agressões, mas depois acabou revelando a situação de cárcere. 

O companheiro dela também estava na moradia e foi preso em flagrante por crime contra a liberdade individual.

Leia também
Homem morre atingido por disparo de arma de fogo no interior de Carlos Barbosa

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros