Detidos quatro suspeitos dos ataques em agências de Coronel Pilar - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Violência09/11/2018 | 08h05Atualizada em 09/11/2018 | 10h53

Detidos quatro suspeitos dos ataques em agências de Coronel Pilar

Três homens foram localizados no interior do município e um em Roca Sales

Detidos quatro suspeitos dos ataques em agências de Coronel Pilar Altamir Oliveira / Estação FM/ Divulgação/Estação FM/ Divulgação
Foto: Altamir Oliveira / Estação FM/ Divulgação / Estação FM/ Divulgação

Quatro pessoas foram detidas pela Brigada Militar na madrugada desta sexta-feira (9) suspeitas de participação nos ataques a bancos de Coronel Pilar. O primeiro preso foi abordado pelo Batalhão de Operações Especiais (Boe) por volta das 2h na área urbana de Roca Sales. Após cerco policial na madrugada, outros três homens foram detidos no interior de Coronel Pilar pelo por volta das 6h por policiais militares do 3º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (3ª Bpat). 

Leia mais
Bandidos fazem reféns e assaltam agências bancárias de Coronel Pilar
"Eles já desceram atirando", conta testemunha de roubo a banco em Coronel Pilar

Segundo Glauco Alexandre Braga, tenente-coronel, comandante interino do Comando Regional de Policiamento Ostensivo (CRPO) da Serra, os suspeitos estavam sendo rastreados desde a tarde de quinta-feira, quando as agências do Banrisul e do Sicredi foram alvo dos criminosos por volta das 14h50min. Um Palio queimado pelos bandidos na fuga e uma Meriva que teriam sido utilizados também no assalto já tinham sido localizados pela polícia. Segundo Braga, foi a partir do local onde os carros foram encontrados que a Brigada Militar iniciou o cerco. 

Junto com os suspeitos, foram apreendidos um revólver 38, uma pistola 9 milímetros e uma espingarda calibre 12. Não  foi encontrado dinheiro. As buscas prosseguem, porque a polícia acredita que possa haver mais criminosos escondidos no matagal onde três foram localizados. Os detidos estão sendo encaminhados para a Polícia  Civil.

Leia também
Nos primeiros oito dias de novembro, 13 agências são atacadas por quadrilhas no RS

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros