Quadrilha assalta bancos e obriga reféns a formarem cordão humano em Ibiraiaras - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Roubo02/05/2018 | 14h52Atualizada em 02/05/2018 | 15h45

Quadrilha assalta bancos e obriga reféns a formarem cordão humano em Ibiraiaras

Brigada Militar realiza buscas na região de Lagoa Vermelha

Quadrilha assalta bancos e obriga reféns a formarem cordão humano em Ibiraiaras Julio Cesar Stella/Arquivo Pessoal
Foto: Julio Cesar Stella / Arquivo Pessoal
Pioneiro
Pioneiro

Assaltantes atacaram agências do Banco do Brasil e do Banrisul de Ibiraiaras, município de pouco mais de 7 mil habitantes na região de Lagoa Vermelha, no início da tarde desta quarta-feira. Dezenas de pessoas foram feitas reféns e obrigadas a formar um cordão humano para os criminosos. Não há relatos de feridos.

De acordo com uma lojista de 50 anos, o assalto foi praticado por seis criminosos que chegaram em uma Parati preta, por volta das 13h40min. Eles estavam encapuzados e armados com armas longas e pesadas.

— Hoje é dia de pagamento de aposentados e era horário de pico, então tinha bastante gente nas ruas, nos bancos e lojas. Eles começaram a reunir e colocaram a maioria sem camisa para fazer o cordão humano. Os bandidos eram jovens, mas pareciam experientes neste tipo de assalto. Estavam tranquilos e não machucaram ninguém. Só levaram o dinheiro dos bancos — relata a moradora de Ibiraiaras.

A ação criminosa durou 20 minutos. Os bandidos quebraram a porta de vidro de um dos bancos e efetuaram tiros para o alto. Na fuga, espalharam miguelitos (pregos retorcidos) em diversas ruas para atrapalhar qualquer perseguição.

— Foi assustador, mas eles sabiam o que faziam. Dois deles vieram até a porta da loja, me olharam e avisaram que aquilo era um assalto. Fiquei escondida junto com um guarda que conseguiu correr para cá — relata a lojista vizinha das agências bancárias na Rua Antônio Stela.

Além da Parati preta, há relatos que os criminosos utilizaram uma caminhonete branca no assalto e fuga. A Brigada Militar está mobilizada e realiza buscas na região de Lagoa Vermelha. Um veículo foi encontrado incendiado na região.

O Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) está em contato e presta apoio à Polícia Civil local.

Leia também:
BM apreende mais de R$ 10 mil com suspeito de tráfico em Caxias
Audiência pública vai discutir o sistema prisional de Vacaria

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros