Homem baleado em Caxias não estava na fila para abastecer, reforça comandante do 12º BPM - Polícia - Pioneiro

Versão mobile

 

Crime30/05/2018 | 20h05Atualizada em 30/05/2018 | 20h27

Homem baleado em Caxias não estava na fila para abastecer, reforça comandante do 12º BPM

Tenente-coronel Jorge Emerson Ribas diz que nenhum policial no posto de combustíveis ouviu disparos

Pioneiro
Pioneiro

O comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM), tenente-coronel Jorge Emerson Ribas, reforçou durante coletiva na tarde desta quarta-feira, que o homem de 34 anos baleado no bairro Santa Fé não estava na fila para abastecer no posto Petroparque, na Avenida Doutor Mário Lopes com a RSC-453 (Rota do Sol). Segundo ele, a informação coletada pela polícia foi de que o homem, após ser atingido, conseguiu ir para sua casa e foi levado a UPA Zona Norte pelo cunhado. A unidade de saúde, então, comunicou a polícia do crime. 

Leia mais
Polícia acredita que baleado nas redondezas de posto de combustíveis de Caxias foi atingido por bala perdida 

— Ele estava com a intenção de ir e entrar na fila. Não se sabe se foi bala perdida ou se foi um atentado contra ele, uma tentativa de homicídio. Tudo leva a crer que não houve relação com o abastecimento — destaca. 

Conforme Ribas, diversos policiais, fardados e à paisana, estavam no posto e não ouviram nenhum disparo:

— Se tivesse alguém baleado, quem estivesse na fila à frente, atrás, do lado, teria tomado conhecimento _ acrescentou. 

O homem está internado no Hospital Pompéia. Ele passou por cirurgia e está na sala de recuperação aguardando leito de UTI. 

Leia também
Depois de confusões envolvendo manifestantes Brigada Militar reforça efetivo em Caxias
Brigada Militar não irá permitir bloqueio em postos de combustíveis de Caxias

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros