Frei Jaime: pé no chão, cabeça erguida e fé na vida - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião17/04/2020 | 08h00Atualizada em 17/04/2020 | 08h00

Frei Jaime: pé no chão, cabeça erguida e fé na vida

A cada amanhecer a vida se refaz e as oportunidades se apresentam

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! A sexta-feira anuncia a proximidade do final de semana.... Nos últimos tempos, os dias se assemelham, ao ponto de ser um pouco difícil de saber em que altura da semana estamos... Porém, todos os dias são especiais, pois estamos vivos e esse é o grande motivo, que não nos deixa desanimar! Muita intensidade para cada hora deste novo dia! Vamos lá! 

"Pé no chão, cabeça erguida e fé na vida." 

A cada amanhecer a vida se refaz e as oportunidades se apresentam. As escolhas dependem do modo de ser e dos sonhos, que vão embalando os dias, enquanto a esperança se reaviva. Mesmo que os cenários sejam oscilantes, a única alternativa é continuar apostando na vida. Entre o otimismo e o pessimismo está o equilíbrio, próprio de quem não se ilude e nem perde a oportunidade de visualizar a luz que está lá adiante.      

Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro

O exercício de ter que esperar para que cada ciclo se complete e a vida avance, nem sempre é fácil. A paciência é um treino que desconhece trégua e que consome algumas energias. Não é uma obrigação continuar pisando o chão da existência, mas uma grande dádiva, mesmo quando invadidos pela insegurança e pela incerteza. O segredo é erguer a cabeça e seguir em frente, sempre acreditando na transitoriedade de tudo. 

As pessoas que colocam fé na vida são capazes de assimilar mais facilmente as contradições e redesenhar os caminhos previamente traçados. O fato de ter que diminuir o ritmo não tira da vida aquele brilho que lhe é característico. Quem decide continuar pisando firme a realidade onde está inserido, sem antecipar desfechos que poderão não acontecer, tem toda a probabilidade de se refazer, mesmo que seja necessário partir outra vez do nada. Experimentar frustrações e derrotas é praticamente normal, para quem não se distancia da humildade. 

Os negócios e compromissos podem ser recomeçados, contanto que a vida continue sendo encaminhada com vigor e esperança. Se a fé ocupa seu respectivo espaço, o medo não se aproxima e o desejo de alcançar a meta não se enfraquece. O momento requer muita fé e um forte desejo de que tudo passe, no tempo certo, para deixar muitos ensinamentos. Sim, pé no chão, cabeça erguida e fé na vida. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!       

Leia também
Como empreendedores de Caxias estão enfrentando as incertezas causadas pelo coronavírus
Confira como os partidos em Caxias se posicionam com relação à cogitação de adiamento do processo eleitoral
Artistas caxienses contam como tentam se adaptar à nova realidade temporária, após a pandemia

ienses contam como tentam se adaptar à nova realidade temporária, após a pandemia

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros