Frei Jaime: o que torna a vida grandiosa é o amor que se mistura com a paciência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião06/03/2020 | 06h10Atualizada em 06/03/2020 | 06h10

Frei Jaime: o que torna a vida grandiosa é o amor que se mistura com a paciência

A grandeza da personalidade e do afeto não necessita de grandes obras

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! A sexta-feira chega acenando para a proximidade do final de semana... Os dias seguem dentro da normalidade, mas não deixam de passar... Que a disposição e a alegria acompanhem as horas deste dia! Vamos que vamos! 

"Quando é de coração, pequenos gestos se tornam gigantes." 

As muitas tarefas e obrigações diárias acabam preenchendo até os minutos, deixando pouco tempo para sentir e vibrar com os diferentes sentimentos, que brotam da essência do ser e do fazer. O tamanho das ações é relativo, quando o coração toma a frente e age com dedicação, amor e gratuidade. A grandeza da personalidade e do afeto não necessita de grandes obras, mas de pequenos gestos construídos na paciência e na dedicação. Alguns detalhes são encantadores, ao ponto de permitir uma dedução muito significativa: a habilidade das mãos só pode ser uma extensão do coração. 

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro

Tem pessoas que, sem dúvida, carregam o coração nas próprias mãos, pois fazem o bem de uma forma muito leve e alegre, imprimindo amor em tudo o que realizam. Pequenos gestos, inspirados pelo amor, acabam tornando-se simplesmente gigantes, pois resgatam o melhor que cada pessoa carrega consigo. A grande maioria realiza de qualquer jeito aquilo que é ordinário, que faz parte da rotina. Mas, não são as grandes realizações que realmente fazem a diferença. O segredo, na maior parte das vezes, está escondido naquilo que os olhos, num primeiro momento, não veem. 

O que torna a vida grandiosa é o amor que se mistura com a paciência, a compreensão, o perdão e a fidelidade. Num tempo de muita velocidade e de insistente pressa, a vida não pode ser vivida só se sobrar um pouco de tempo. Algumas pessoas estão sempre ofegantes, pois querem fazer tudo e mais um pouco, independentemente de ter ou não condições e tempo. Para correr menos será necessário querer menos. Viver com pouco, mas com o coração agradecido, pode ser uma escolha capaz de proporcionar toda a diferença. A descoberta do valor dos pequenos gestos, colocando o coração lado a lado com as mãos, pode descortinar um novo cenário, onde a paz e a alegria proporcionem as melhores festas da vida. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!

Leia também
Criança morre baleada após casa ser invadida em Bento Gonçalves
A história da gringa que comanda uma das casas de lanches mais tradicionais de Caxias do Sul
Carnaval de Rua de Caxias de Sul leva três mil pessoas à Rua Sinimbu

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros