Frei Jaime: a vida poderia ser mais leve se a verdade fosse o fio condutor de todas as palavras - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião09/10/2019 | 06h00Atualizada em 09/10/2019 | 06h00

Frei Jaime: a vida poderia ser mais leve se a verdade fosse o fio condutor de todas as palavras

A convivência foi e sempre será o maior de todos os desafios humanos

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! A quarta-feira chega anunciando que a vida é feita de recomeços... Mesmo que o sono seja insistente, vale a pena acordar e saltar na direção da claridade... Vamos lá que este dia promete muitas realizações! 

"Procure a felicidade, não a opinião dos outros." 

A convivência foi e sempre será o maior de todos os desafios humanos. Ninguém está destinado à solidão, pois todos foram feitos para a comunhão. Estar lado a lado com a diversidade é uma oportunidade única de crescimento e aprendizado. Os ruídos começam quando as palavras são multiplicadas sem a coragem de tratar determinados assuntos, com a pessoa interessada. O tempo gasto em contar o que os outros estão dizendo poderia ser aproveitado para fazer muitas coisas interessantes. Não se trata de ignorada a opinião alheia, mas de equilibrar o peso de determinadas afirmações. A vida poderia ser simplesmente mais leve se a verdade fosse o fio condutor de todas as palavras. São poucos os que firmam um pacto com a verdade e com a transparência. A grande maioria gosta de acrescentar um ponto, direcionar um conto e de formular novos parágrafos, sem a devida autorização.   

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro

O caminho mais dinâmico e assertivo é procurar a felicidade e não a opinião dos outros. Nem todos servem para conselheiros, pois desconhecem os enredos e não sabem ponderar as diferentes alternativas existentes. Quanta gente já amargou dias e noites de decepção, por ter dado ouvidos para quem desconhecia a realidade e a verdade. Contar a versão de alguns acontecimentos, sem um compromisso lealdade, pode provocar dores profundas e distâncias infinitas. 

É evidente que não tem como viver sem ser avaliado pelos outros, mas ninguém deveria se abalar pela opinião alheia. Em tempos de excessiva liberdade e de multiplicação de meios, as conversas se multiplicam e os ruídos se tornam estridentes. Existe ainda um longo caminho para aproximar as palavras do conteúdo ético. Sem contar que o mais belo aprendizado diz respeito ao pacto com o silêncio. Muitas coisas não devem ser passadas adiante, pois não ajudam para melhorar os poucos momentos que cada pessoa permanece neste mundo. Que a felicidade possa ser sempre a busca mais intensa. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraços!  

Leia também
Neire Damin é a nova rainha do Botafogo de Santa Lúcia do Piaí 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros