Frei Jaime: as palavras se misturam com os diferentes momentos da vida  - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião12/07/2019 | 05h33Atualizada em 12/07/2019 | 10h13

Frei Jaime: as palavras se misturam com os diferentes momentos da vida 

Carregadas com uma força incrível, as palavras expressam sentimentos, elaboram pensamentos, dão voz à razão e tentam explicar o que vai no coração

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! A sexta-feira é portadora de bons ventos... o final de semana chega e, com certeza, dá um susto no cansaço... Viver é sempre muito bom... Problemas? Quando não a solução não é encontrada, segue-se adiante... Vamos que vamos! 

Que toda palavra, antes de ser dita, seja testada no silêncio.” (Lucão). 

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro  

As palavras se misturam com os diferentes momentos da vida. Carregadas com uma força incrível, as palavras expressam sentimentos, elaboram pensamentos, dão voz à razão e tentam explicar o que vai no coração. A existência está em contínua relação com as letras que se agrupam para formar palavras. Desde a tenra idade, o contato com o mundo das palavras é progressivo e encantador.

Quem descobre a leitura e a escrita descortina o mundo. Em alguns momentos, as palavras são insuficientes e o sentir é convocado ao silêncio. A preocupação com as palavras vem se acentuando, com o passar dos dias e com o aumento dos diferentes meios e redes de comunicação. Se todas as palavras passassem pelo crivo do silêncio, isto é, fossem pensadas antes de serem pronunciadas, as distâncias e os desencontros praticamente deixariam de existir. Testar uma palavra no silêncio é permitir que a mesma tenha ressonância e que seu eco seja conhecido. A maior parte das pessoas é iniciada na multiplicação de palavras. Poucos são ensinados a pensar no conteúdo da palavra que irá pronunciar. Alguns sinais já são visíveis: lentamente o silêncio começa a ser mais visitado.

 Frequentar o silêncio é ir às profundezas, alcançar a essência e perceber a dinâmica que envolve a vida. O ruído de algumas palavras tem estressado e até machucado muitos corações, além de provocar enredos temperados de discórdia e de desunião. A velocidade do mundo não sinaliza à redução. A alternativa mais eficaz de mudança está nas pessoas. Quando a maioria fizer a experiência do silêncio, a paz ocupará seu verdadeiro lugar e as pessoas conviverão mais harmonicamente. 

Na agitação e nos excessos da instantaneidade a saúde não se sustenta e o equilíbrio emocional perde as referências. Cada um pode escolher o próprio jeito de viver, mas feliz daqueles que não exageram nas palavras: escutam mais do que falam. O silêncio é encantador. Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraços!                 

 Leia também
Edson Néspolo reitera estar a postos para concorrer a prefeito de Caxias do Sul
 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros