Testemunha relata que motorista dirigia em zigue-zague antes de causar acidente com seis mortes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Investigação19/04/2019 | 13h30

Testemunha relata que motorista dirigia em zigue-zague antes de causar acidente com seis mortes

Polícia investiga se houve pane mecânica no carro ou se homem estava alcoolizado

Testemunha relata que motorista dirigia em zigue-zague antes de causar acidente com seis mortes Polícia Rodoviária Federal/Divulgação
Colisão frontal matou seis pessoas na madrugada desta sexta-feira (19) Foto: Polícia Rodoviária Federal / Divulgação

Uma testemunha do acidente com seis mortes na BR-386, em Soledade, afirma ter visto o Tempra transitando em zigue-zague minutos antes de invadir a pista contrária e causar a batida, na madrugada desta sexta-feira (19). O relato é de um caminhoneiro, que deu as informações para A Polícia Rodoviária Federal (PRF). A declaração consta no boletim de ocorrência e vai ser investigada pela Polícia Civil.

Leia mais:
Família que morreu em acidente em Soledade estava a caminho de velório de parente na Serra
Motorista de carro com placas de Caxias morre em acidente com cinco vítimas no Norte do Estado

A polícia tem duas hipóteses: ou o carro estava em pane mecânica ou o motorista, que também morreu na batida e até agora não foi identificado, estava bêbado. Por isso, o delegado Marcio Marodin declarou que vai pedir análises para o Instituto-Geral de Perícias (IGP). 

— Estamos agora concentrados, em um primeiro momento, em identificar o motorista do Tempra. Informalmente, sabemos que seria pessoa em torno de 39 ou 40 anos e que o carro era de Caxias do Sul. Temos somente uma identificação preliminar — afirmou o policial. 

O veículo em que o homem seguia sozinho ficou tão destruído que a polícia sequer conseguiu achar documentos. Os agentes, agora, estão tentando ligar para vizinhos do local em que o carro está endereçado no sistema. Além disso, os investigadores aguardam o contato do caminhoneiro para ouvi-lo na delegacia. 

Há somente uma câmera de segurança próxima do local, no Parque das Tuias, um parque de diversões. No entanto, o monitoramento é direcionado para o portão do estabelecimento e não flagra o que ocorre na estrada. O outro local com câmeras é um paradouro a 14 quilômetros do local do acidente. 

A colisão ocorreu em um trecho de pista simples em uma estrada que apresenta muitos buracos. Além do motorista do Tempra, morreram todos os ocupantes do carro atingido por ele, um Corsa de Pato Branco, no Paraná. As cinco pessoas da mesma família vieram ao Rio Grande do Sul para ir ao velório de uma familiar próxima, em Carlos Barbosa. 

Até agora, foram identificados  a proprietária do corsa, Kelem Tamara Dalla Vecchia,30,  seu marido Fábio Lazarotto, 33, seu pai Sérgio Dalla Vecchia, 59, e seu irmão Thieres Marcos Dalla Vecchia, 22 que dirigia o automóvel. A mãe de Kelem, Maria Isabel Morari Dalla Vecchia, 52, morreu no hospital de Passo Fundo.

 Leia também
Motorista de carro com placas de Caxias morre em acidente com cinco vítimas no Norte do Estado
Confira o horário de funcionamento dos mercados neste Feriadão de Páscoa 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros