Nivaldo Pereira: na firmeza do touro - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião19/04/2019 | 07h00Atualizada em 19/04/2019 | 07h00

Nivaldo Pereira: na firmeza do touro

Já não é tempo de impulsos e urgências, mas de construir uma estabilidade confortável para que as metas antes planejadas sejam cumpridas

Nivaldo Pereira: na firmeza do touro Luan Zuchi/
Foto: Luan Zuchi
Nivaldo Pereira
Nivaldo Pereira

nivaldope@uol.com.br

Neste sábado, logo ao amanhecer, o Sol já terá ingressado em Touro. O potencial criativo solar deixa a vibração impetuosa do carneiro para ganhar força na terra taurina, porque toda vontade precisa se fazer matéria para existir, tudo o que nasce precisa encorpar para prosseguir. Já não é tempo de impulsos e urgências, mas de construir uma estabilidade confortável para que as metas antes planejadas sejam cumpridas.

Leia mais
Nivaldo Pereira: guerreiras amazonas
Nivaldo Pereira: sentido da coragem 

Touro pede: não me amole, que o que eu quero é sossego. A imagem do animal mais robusto do zodíaco simboliza o potencial para buscar com firmeza o que deseja, usando os canais sensoriais que medem o prazeroso conforto necessário à jornada. São os conhecidos cinco sentidos, associados a Vênus, regente do signo. Visão, audição, olfato, tato e paladar devem atestar o que nos faz bem desde o nível físico, pois a felicidade taurina não é algo abstrato: ela começa no corpo.

Em Touro, é como se o deus guerreiro, Marte, deixasse de lado elmo, escudo e espada para entregar-se aos encantos da deusa Vênus. O pintor italiano renascentista Sandro Botticelli, famoso por retratar o nascimento de Vênus na espuma do mar, retomou a deusa em outra famosa tela em que também aparece Marte. Nessa o guerreiro está dormindo, deliciosamente esgotado, ante o triunfante e sereno olhar de sua amante. É o amor vencendo a guerra. Pois até os brutos precisam de amor e carinho.

Na etapa taurina, reconhecemos o que acrescenta valor ao ser. A partir do que flui prazerosamente de nós, como os dons e talentos, traçamos um senso de valor pessoal, base de uma positiva autoestima. Nossas habilidades pessoais também geram outros valores, como o dinheiro. A Touro cabe saber o que é seu, mas atento ao risco da possessividade. A convicção do que somos deve vir de dentro, e não de fora.

Diferentemente de Áries, Touro não aprecia sobressaltos e adrenalinas. E que ninguém rotule de “zona de conforto” ou “lentidão” o ritmo que ele define como seguro e prazeroso. Signo fixo e terreno, de meio de estação, ele não aprecia mudar para agradar aos outros. Que se mudem os incomodados.

Leia também
Netflix: segunda temporada de "Samantha!", "Bridget Jones" e outras 11 estreias para curtir no feriadão
Com o astro Ricardo Darín, filme "Um Amor Inesperado" estreia em Caxias
De bonecas a telefones de lata: exposição resgata brinquedos antigos em Caxias do Sul  

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros