Exposição "Elichat, a menina felina e seu tempo" abre para visitação na quarta, dia 12 - Pioneiro

Versão mobile

 

Arte07/12/2018 | 08h30Atualizada em 07/12/2018 | 08h42

Exposição "Elichat, a menina felina e seu tempo" abre para visitação na quarta, dia 12

Um pouco do universo da personagem poderá ser conferido na mostra

Exposição "Elichat, a menina felina e seu tempo" abre para visitação na quarta, dia 12 Elichat/Divulgação
Foto: Elichat / Divulgação

Nascida em 1961, na França, Elichat é uma personagem criada pelo artista carioca Lucas Leite, radicado em Caxias do Sul há cerca de cinco anos. Ela mora nas ruas de Paris e, em um período da vida, foi acolhida por gatos. Filha de um argelino e uma francesa, a menina, meio humana e meio gata, vive de vestido listrado branco e preto e, pelas ruas, espalha uma mensagem de brincadeira e anarquia. Um pouco do seu universo dessa personagem poderá ser conferido na exposição Elichat, a menina felina e seu tempo, que abre na próxima semana em Caxias do Sul.

_ Na época em que criei a Elichat, queria contar a história de um marginal, é isso que ela é. Quis colocá-la em um local que fosse o oposto do que é a marginalização e por isso escolhi Paris, uma cidade que, no imaginário das pessoas, é um lugar maravilhoso esteticamente _ explica Leite, revelando ainda que o nome Elichat é a junção entre "Elisa" e "chat", "gato" em francês.

A mostra, que ocupará o Reffugio Art Café, é formada por 10 obras e também tem curadoria da companheira de Leite, Júlia Pellizzari. O trabalho inédito em Caxias tem, inclusive, bonecos do livro gráfico Elichat, produzido pelo casal e publicado no ano passado. O público também poderá conferir painéis em MDF produzidos a partir aplicação de técnicas de spray e itens gráficos criados por Júlia. 

_ A exposição é importante porque vamos apresentar o contexto em que a personagem vive. A Elichat tem uma história que mistura fatos reais com ficção e muita gente não sabe. As pessoas conhecem ela da rua, já que a sua imagem transita pelas ruas, calçadas e postas, mas pouca gente conhece realmente esse contexto _ acredita Leite. 

Sobre o processo criativo e concepção de Elichat, a menina felina e seu tempo, Júlia garante:

_Tudo se dá em conjunto, é um bate e volta, mesmo. Ele (o Lucas) chega com uma ideia e eu acrescento algo, ou o contrário. Nós vamos construindo a narrativa juntos.

PROGRAME-SE
O quê: abertura da exposição Elichat, a menina felina e seu tempo, de Lucas Leite e Júlia Pellizzari.
Quando: na próxima quarta, dia 12, às 19h.
Onde: no Reffugio Art Café (Rua Tronca, 3.485), em Caxias.
Quanto: entrada franca.

Leia também:
Virtuose da guitarra de 19 anos, Luis Kalil ministra workshop em Caxias
Confira a previsão do horóscopo de cada signo para esta sexta-feira

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros