Jogadores do Ju lamentam derrota, mas acreditam na recuperação - Pioneiro

Versão mobile

 

Série B13/09/2018 | 23h13Atualizada em 13/09/2018 | 23h13

Jogadores do Ju lamentam derrota, mas acreditam na recuperação

Juventude perdeu por 1 a 0 para o Guarani na noite de quinta-feira

Jogadores do Ju lamentam derrota, mas acreditam na recuperação Eduardo Carmim/Photo Premium/Folhapres
Foto: Eduardo Carmim / Photo Premium/Folhapres
Pioneiro
Pioneiro

Após o apito final de Guarani 1 x 0 Juventude, os jogadores do Juventude se encaminharam de imediato ao trio de arbitragem, reclamando da marcação do pênalti, que definiu o resultado em Campinas. 

Na saída do gramado, o goleiro Matheus Cavichioli preferiu não supervalorizar o lance:

– Estava bem encoberto, mas foi uma jogada de inteligência deles. Foi uma marcação normal dentro da área. Mas, também não adianta nem explicar ou buscar desculpas. É hora de trabalhar, de correr para reverter essa situação.

O atacante Guilherme Queiróz lamentou o lance que definiu o confronto e falou sobre a sequência da equipe na competição.

– O momento é difícil. Sabemos que precisamos de algo a mais. Nosso time estava bem no jogo, faltavam alguns detalhes. Houve o lance do pênalti, que não foi. Temos um grupo bom. Precisamos achar forças para sair desta situação. 

Sem vencer há 10 jogos, o Juventude volta a campo na terça-feira, novamente fora de casa, e diante do Atlético-GO, um rival que está entre os times que hoje estaria conseguindo o acesso para a Primeira Divisão.

– Nós podemos sair dessa situação e temos de trabalhar para isso. É algo que preocupa, não estamos felizes, mas só nós podemos tirar o time dessa situação. O Winck nos passa confiança. Temos de crescer jogo a jogo e não podemos adiar mais – destacou o estreante Rodrigo.

Leia Também:
Mirante: Jairo Jorge e Rossetto buscam votos em reduto de Sartori
Dois são presos em ação da BM contra facção em São Marcos

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros