Governo do Estado quer que Aeroclube de Caxias pague aluguel para continuar usando espaço junto ao aeroporto - Pioneiro

Versão mobile

 

Para renovar contrato14/09/2018 | 15h46Atualizada em 14/09/2018 | 15h46

Governo do Estado quer que Aeroclube de Caxias pague aluguel para continuar usando espaço junto ao aeroporto

Desde a fundação, em 1941, instituição ocupa hangar por meio de cessão de uso gratuito

Governo do Estado quer que Aeroclube de Caxias pague aluguel para continuar usando espaço junto ao aeroporto Jefferson Botega/Agencia RBS
Aeroclube foi fundado em 1941 Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS

O Aeroclube de Caxias do Sul terá que pagar aluguel mensal de cerca de R$ 9 mil para continuar operando junto ao aeroporto Hugo Cantergiani. Essa é a proposta do governo do Estado para renovar o contrato de uso do hangar ocupado pela instituição. O acordo atual, que termina em 29 de dezembro, prevê a ocupação gratuita do espaço.

De acordo com o diretor-presidente do Aeroclube, Paulo Aguiar, a decisão foi comunicada por um ofício emitido em junho, mas que chegou à administração do clube somente no fim do mês passado. Segundo ele, o documento não apresenta uma explicação plausível para a mudança. Agora, a Secretaria dos Transportes aguarda uma contraproposta da instituição.

— O Estado pressiona porque diz que o contrato já terminou devido a uma mudança na lei, mas contrato é contrato, e o nosso vai até 29 de dezembro. O valor proposto de aluguel é totalmente inviável. Se assinássemos o contrato, certamente no segundo mês já estaríamos inadimplentes — desabafa Aguiar.

Para tentar convencer a secretaria a mudar de posição, o Aeroclube solicitou à Câmara de Vereadores a aprovação de uma moção contrária à cobrança do aluguel. A expectativa é que o tema seja votado na próxima semana.

O Aeroclube de Caxias do Sul foi fundado em 19 de fevereiro de 1941 e, desde então, funciona no espaço por meio de cessão de uso gratuito. GaúchaZH entrou em contato com a Secretaria dos Transportes e ainda aguarda retorno.

Leia também
Trânsito é liberado após retirada de ônibus que tombou na BR-470, em Veranópolis
O que o futuro governador do RS fará pela saúde na Serra
Sem perícia, chacina que revelou disputa entre facções está impune em Caxias do Sul

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros