Coletivo Errática apresenta "Espetáculo Alaranjado" nesta quarta, no Bento em Cena - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Teatro18/09/2018 | 08h00Atualizada em 18/09/2018 | 08h00

Coletivo Errática apresenta "Espetáculo Alaranjado" nesta quarta, no Bento em Cena

Apresentação será no Anfiteatro Ivo A. Da Rold, às 20h

Coletivo Errática apresenta "Espetáculo Alaranjado" nesta quarta, no Bento em Cena Rodrigo Waschburger/Divulgação
Foto: Rodrigo Waschburger / Divulgação

Dois pacientes internados _ ou presos! _ num local desconhecido. Em comum, apenas o que carregam de mais precioso: a história de suas próprias vidas, entre lágrimas e risos, em uma consistente relação de amizade. E, claro, a expectativa pela fuga. Esse é o pano de fundo do Espetáculo Alaranjado, uma das atrações do 2° Bento em Cena, com programação até sábado. A peça será apresentada nesta quarta-feira no Anfiteatro Ivo A. Da Rold.

Assinada pelo Coletivo Errática, que começou a tomar forma em Porto Alegre em 2012, traz ao palco os atores João Pedro Decarli e Nina Picoli, que resgatam a tradicional figura do bufão, também conhecido como bobo da corte, para denunciar as opressões cotidianas.

— O bufão traz uma linguagem que denuncia situações corriqueiras, mas sem se apresentar como um salvador. Ele não tem o parâmetro da ética, do que é certo ou errado. O bufão é um denunciador, desde pequenas opressões a situações mais amplas. E é justamente isso que tentamos trazer com o espetáculo, resgatando o conceito da paródia — antecipa Nina, que também ministra um workshop sobre a figura do bufão, quinta-feira, na Casa das Artes.

Com 50 minutos de duração, o espetáculo foi concebido a partir de uma cena do trabalho de conclusão de curso de Nina, formada em Licenciatura em Teatro pela Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs). Com a irreverência e o sarcasmo típicos do personagem, a peça também debate a imobilidade das pessoas que estão em casas prisionais, hospitais psiquiátricos e em clínicas de reabilitação.

— O Coletivo Errática surgiu como um projeto de pesquisa, sempre discutiu esses temas, assim como os conceitos de "não-lugar" e deriva, uma referência ao movimento do mundo nas ruas. Isso não significa, necessariamente, teatro de rua, mas um debate do que acontece nesse espaço. E o bufão é uma criatura da rua, tanto que no processo de criação, eu e João passamos 24h na rua, em contato direto com as pessoas e com a cidade — revela a artista.

AGENDE-SE
O quê:
apresentação da peça Espetáculo Alaranjado, do Coletivo Errática.
Quando: amanhã, às 20h.
Onde: Anfiteatro Ivo A. Da Rold (Rua Herny Hugo Dreher, 127), em Bento Gonçalves.
Quanto: entrada gratuita (sugere-se a doação de um quilo de alimento não-perecível).
Informações: pelo telefone (54) 3454-5253.

PROGRAMAÇÃO BENTO EM CENA
Quinta-feira
9h, na Casa das Artes: workshop de Bufão com Nina Picoli.

Sexta-feira
15h, na Via Del Vino: Teatro de Rua - espetáculo Mãe Coragem e Sua Filha Muda: Uma Crônica da Guerra Tormenta, do Treta Teatro.

Sábado
20h, no Anfiteatro Ivo A. Da Rold: espetáculo Divertissemente, do Ballet Vera Bublitz.

Leia também:
Mostra "Impressões e Interlocuções" reúne obras dos acervos do Amarp e do Campus 8, em Caxias do Sul
3por4: Spotify lança playlist com canções exclusivas de Paul McCartney
Agenda: Vitor Ramil faz show em Farroupilha, no sábado

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros