TV Câmara Caxias deixa de transmitir sessões ao vivo a partir de 6 de agosto por causa das eleições - Pioneiro

Versão mobile

 

Mirante13/07/2018 | 08h00Atualizada em 13/07/2018 | 13h10

TV Câmara Caxias deixa de transmitir sessões ao vivo a partir de 6 de agosto por causa das eleições

Medida entra em vigor um dia após as convenções que vão homologar candidaturas

TV Câmara Caxias deixa de transmitir sessões ao vivo a partir de 6 de agosto por causa das eleições - Franciele Masochi Lorenzett/Divulgação
Plenário da Câmara de Vereadores Foto: - Franciele Masochi Lorenzett / Divulgação

As sessões do Legislativo caxiense deixam de ser transmitidas ao vivo pela TV Câmara a partir de 6 de agosto, um dia após o término das convenções partidárias que irão homologar os candidatos a deputado estadual e federal, Senado, governo do Estado e Presidência da República. 

Leia mais
Onze vereadores de Caxias do Sul devem concorrer a deputado

A Mesa Diretora, presidida por Alberto Meneguzzi (PSB), deve divulgar na próxima semana a resolução com as normas da Casa evitando o uso do poder público para propaganda eleitoral. As determinações vão até o fim das eleições (o primeiro turno será em 7 de outubro e, em caso de segundo turno, será em 28 de outubro).

Neste período, apenas a gravação da Ordem do Dia (espaço em que são votados projetos) será disponibilizada pela Câmara. Também deixarão de ser apresentados os programas da TV Câmara com conteúdo político, sendo substituídos por material produzido pela TV NBR, TV Câmara Federal e TV Senado.

Já no dia 16 de agosto, a previsão é de que ocorra no plenário da Câmara, a partir das 18h, um encontro com os candidatos ao governo do Rio Grande do Sul. A realização será do Parlamento Regional. A indicação partiu de Meneguzzi.

Leia também
Voges diz que fica até fim de 2019 na Maesa
Pré-candidatos de Caxias deixam CCs para poder concorrer

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros