Frei Jaime: saber rir de algumas coisas - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião21/05/2018 | 06h00Atualizada em 21/05/2018 | 06h00

Frei Jaime: saber rir de algumas coisas

Aprender a viver é condição para edificar uma personalidade equilibrada, madura e flexível

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! Um novo dia e uma nova semana: esse é o presente de Deus para darmos continuidade à vida! Que não falte disposição, bom humor e gratidão em todos os dias dessa semana! Viver não é difícil, basta não complicar! Vamos lá! 

"A gente vive melhor quando não fala tudo que sabe, não acredita em tudo que escuta e aprende a rir de todo o resto." 

Aprender a viver é condição para edificar uma personalidade equilibrada, madura e flexível. A vida tem um significado profundo, um valor infinito. Os atos podem, às vezes, destoar, mas a vida é vida em qualquer situação, independente do lugar. Cada pessoa deveria meditar e tomar consciência do quanto sua vida é importante e tem todas as condições para ser significativa. É lamentável perceber que algumas pessoas vivem por viver, simplesmente vão somando dias. Outra situação que preocupa é perceber que muitos abrem as portas do coração e deixam o desânimo entrar em fazer sérios estragos. Vive melhor quem sabe se posicionar adequadamente e não se excede em comentários e extravagâncias. Os ambientes se tornam leves e alegres quando é frequentado por pessoas que não abrem mão da elegância advinda da humildade. 

Não falar tudo é uma atitude ponderada, que garante transparência e revela a essência. Por outro lado, as diversas versões narradas, detalhadamente, tendo como conteúdo a pessoa do outro também merecem uma atenção redobrada. As pessoas são livres: falam de tudo e de todos, sem nenhum compromisso com a verdade. É importante manter neutralidade diante de excessivos comentários da vida alheia. Uma prudência que proporciona consciência tranquila e elimina injustiças. 

Tomara que demore a chegada do dia em que as fofocas deixarão de ter tanto espaço nas agendas pessoais e sociais. Viver melhor é uma escolha, um empenho, um desejo que brota da alma. O equilíbrio no falar e no escutar favorece uma vida mais leve, menos confusões, maior harmonia. Para completar, saber rir de alguns fatos, de comentários sem procedência, de palavras maldosas é uma alternativa edificante, pois ajuda na saúde física e emocional. Por outro lado, sabendo quais são as fontes, é possível dar menos ou mais importância. Em meio a tudo isso, não tem como não reafirmar: viver é simplesmente extraordinário. 

Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraços! 

Leia também
"Busco uma rainha da Festa da Uva moderna", diz Miss Brasil que participa de júri nesta sexta
Visate e prefeitura entram em acordo e passagem de ônibus passará a R$ 3,95 em Caxias
Câmara de Vereadores de Caxias do Sul instala em definitivo detector de metais no acesso ao prédio

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros