De visual novo, Tiago Marques esperar voltar a fazer gols diante do Londrina - Pioneiro

Versão mobile

Juventude12/10/2017 | 08h00Atualizada em 12/10/2017 | 08h00

De visual novo, Tiago Marques esperar voltar a fazer gols diante do Londrina

Artilheiro e maior finalizador do time na Série B é a esperança alviverde nesta sexta-feira, no Alfredo Jaconi

De visual novo, Tiago Marques esperar voltar a fazer gols diante do Londrina Felipe Nyland/Agencia RBS
Atacante Tiago Marques garante que cabeça raspada não faz parte de promessa e nem superstição para retornar às redes Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

A gelada noite de 18 de agosto, na vitória do Juventude diante do Vila Nova-GO, no Alfredo Jaconi marcou o último gol de Tiago Marques com a camisa do Ju na Série B. De lá para cá, o artilheiro do Ju na competição não balançou mais as redes adversárias. Em defesa do atacante, está o fato de que ficou de fora por três jogos, depois de uma lesão sofrida contra o Paraná, na rodada seguinte ao seu último gol. 

Além do jejum, que não é comum na temporada do artilheiro, o visual do atacante também mudou nesta semana. Segundo Tiago Marques, porém, o estilo cabeça raspada ao invés do black power em nada tem a ver com seu desejo de voltar a marcar gols já nesta sexta-feira, diante do Londrina, no Alfredo Jaconi.

- Foi uma opção minha. Às vezes eu corto, depois deixo crescer e corto de novo. Mas não tenho superstição. Não tem nada a ver com voltar a fazer gol. O gol é uma coisa natural e, em algum momento, ele vai sair. Estou tranquilo, o importante é estar sempre ganhando. Mas o visual sempre foi assim, nada de anormal – garante o centroavante, que tem 11 gols na Série B, dois a menos que o artilheiro Mazinho, do Oeste.

A favor de Tiago pesa o fato de ele ser um dos melhores finalizadores do torneio, com 28 chutes em direção ao gol em 24 jogos, o quarto que mais arriscou entre todos os jogadores da Série B de 2017. Na comparação ao time alviverde, que finalizou 107 vezes de forma correta, o atacante mostra toda a sua importância para a equipe.

– Como o Gilmar (Dal Pozzo) sempre fala para nós: temos de ser cirúrgicos. No momento em que o time está criando mais, não estou conseguindo colocar a bola para dentro. Mas temos de ter calma, tranquilidade e assimilar esse momento. Os gols vão voltar a acontecer normalmente – ponderou o centroavante, ao opinar que o time tem de arriscar mais, assim como fez no primeiro tempo diante do Brasil-Pel, na última rodada.

Com Tiago Marques confirmado à frente de Yago, Wesley Natã e Leílson, as mudanças ficam na dupla de volantes e na defesa. Mateus Santana sai da lateral e volta ao meio no lugar do suspenso Lucas. Fahel reassume seu lugar no time. 

Na linha defensiva, Tinga segue na lateral direita, Bruno Collaço volta de lesão e assume a vaga do machucado Pará. A dupla de zaga Domingues e Micael será mantida. 

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros