"Perdemos uma menina espetacular", diz prefeito de Gramado sobre morte de miss - Pioneiro

Vers?o mobile

 

Comoção29/06/2016 | 10h58Atualizada em 30/06/2016 | 08h19

"Perdemos uma menina espetacular", diz prefeito de Gramado sobre morte de miss

Fabiane Niclotti foi encontrada morta na casa onde ela morava

"Perdemos uma menina espetacular", diz prefeito de Gramado sobre morte de miss Jefferson Botega/Agencia RBS
Fabiane trabalhou na secretaria de Turismo de Gramado por cerca de três meses Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS
Pioneiro com informações da Gaúcha Serra

Moradores de Gramado estão em luto pela morte de Fabiane Niclotti, eleita Miss Brasil em 2004, encontrada sem vida na terça-feira em Gramado, na Região das Hortênsias. O irmão de Fabiane a localizou sem vida na casa onde ela morava, no bairro Boa Vista. Ela foi eleita miss Rio Grande do Sul em 2003 e Miss Brasil em 2004.

Leia mais:
Corpo de ex-miss Brasil é encontrado em casa em Gramado
"Em nenhum momento ela se mostrava ansiosa ou depressiva", afirma missólogo da Miss Brasil 2004 
Morre, em Porto Alegre, a mãe do ex-governador Germano Rigotto
Morre, em Caxias do Sul, o empresário Vanderlei Bucco 

Fabiane trabalhou na Secretaria de Turismo da cidade por cerca de três meses, em 2011. Segundo o prefeito, Nestor Tissot, ela era filiada ao PMDB e integrava a equipe que busca divulgar a cidade para todo o Brasil.

— Ela significou um retrato da beleza da mulher gramadense, da mulher gaúcha. Era uma menina de família simples, humilde, que buscou um caminho através da sua beleza, espontaneidade e inteligência. Era muito querida e simpática — lamenta Tissot.

Confira as últimas notícias do Pioneiro

Conforme o prefeito, Fabiane era de família de origem italiana da localidade de linha Furna, interior da cidade. Viveu em outras cidades e, há cerca de um ano, estava novamente morando em Gramado. Em 2010, foi apresentadora do concurso Miss Brasil, transmitido pela televisão.

Tissot conta que encontrou Fabiane em uma farmácia no último domingo e a cumprimentou rapidamente.

— Perdemos uma grande figura, uma menina de família, espetacular, que vai deixar muita saudade. Aqui na prefeitura estamos todos muito entristecidos. Era uma pessoa que só tinha amigos, a simpatia dela irradiava. Conquistava qualquer pessoa em cinco minutos — lembra o prefeito.

Durante toda a terça-feira, o irmão de Fabiane tentou contato com ela, sem sucesso. O rapaz acionou a Brigada Militar (BM) e, por volta de 22h30min, ele e os policiais chegaram à moradia dela. Eles localizaram a jovem sem vida, na cama.

De acordo com o delegado de Gramado, Gustavo Barcellos, o corpo não apresentava qualquer sinal de violência. Na cabeceira havia apenas o celular, que é bloqueado por senha. A casa também não tinha qualquer sinal de arrombamento. A porta lateral da residência não estava trancada. Na sala, os policiais encontraram uma bolsa com medicamentos. A causa da morte ainda não estava confirmada até a manhã desta quarta-feira. 

Conforme o relato de amigos, Fabiane não estava trabalhando no momento e cursava o último ano de Direito. Como a moça estava de mudança, a polícia encontrou boa parte dos pertences dela encaixotados.

Fabiane será velada na capela mortuária da localidade de Furna, a partir da tarde desta quarta-feira. O sepultamento será no cemitério da localidade, mas o horário não estava definido até as 11h30min desta quarta-feira.

A prefeitura de Gramado decretou luto oficial de três dias.


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros