Encontrados no Paraguai corpos que seriam de jovens de Bento Gonçalves - Pioneiro

Versão mobile

Desaparecidos há 24 dias18/08/2014 | 22h56Atualizada em 19/08/2014 | 07h20

Encontrados no Paraguai corpos que seriam de jovens de Bento Gonçalves

Polícia paraguaia enviou fotos de homens encontrados na beira de um rio e família de um deles já fez o reconhecimento

Encontrados no Paraguai corpos que seriam de jovens de Bento Gonçalves Montagem sobre fotos de arquivo pessoal/ Divulgação/
Lucas Morini e Dionatan Dias deixaram de contatar a família em 25 de julho Foto: Montagem sobre fotos de arquivo pessoal/ Divulgação

Depois de 24 dias, o desaparecimento de dois amigos de Bento Gonçalves, na serra gaúcha, começou a ser desvendado nesta segunda-feira. Segundo a Polícia Civil, fotos enviadas por agentes do Paraguai de dois homens encontrados na beira de um rio seriam dos jovens gaúchos.

A família de Lucas Morini, 23 anos, já fez o reconhecimento através das imagens na tarde desta segunda, pois estava com a polícia quando elas chegaram às mãos dos agentes. A identificação do segundo corpo, que seria de Dionatan Cordova Dias, 28 anos, está marcada para a manhã desta terça-feira.

— Acreditamos que seja mesmo ele (Dionatan), devido às tatuagens encontradas no corpo, mas o reconhecimento oficial será feito amanhã (terça-feira) — adianta a delegada Isabel Pires Trevisan.

Ainda conforme ela, os corpos estavam parcialmente dentro de um rio na cidade de San Alberto, a cerca de 870 quilômetros de Bento Gonçalves.

Justiça quebra sigilo telefônico de jovens de Bento Gonçalves
"Quase nem durmo mais", diz pai de jovem desaparecido

Lucas e Dionatan viajaram para Santa Catarina na tarde de 25 de julho, onde supostamente visitariam parentes. A investigação apontou que os dois chegaram a passar pelo Estado vizinho, mas ingressaram no Paraguai no dia seguinte. De lá, saíram cerca de uma hora e meia depois e retornaram para Santa Catarina. Desde então, não contataram mais a família.

— Estávamos investigando de tudo. Pedimos fotos de mortos e de acidentes do Brasil e do Paraguai, quebra de sigilo telefônico, ouvimos testemunhas, procuramos entre os presos. Hoje, depois de todo um trâmite burocrático entre os países, vieram essas fotos e tudo leva a crer que sejam eles — aponta a delegada.

Isabel diz que ainda não há suspeitas sobre o que aconteceu com os jovens e a forma como foram mortos. A investigação deve ficar com a polícia do Paraguai, pois os corpos foram encontrados lá.


Entenda o caso

Lucas Morini, 23 anos, e Dionatan Cordova Dias, 28 anos, eram vizinhos no bairro Progresso, de Bento Gonçalves, na serra gaúcha. Desempregado, Lucas tinha um filho de quatro anos e estava separado há mais de cinco meses. Dionatan, que tinha um filho de sete anos, morava com o pai e trabalhava como auxiliar em uma empresa de embalagens. Os jovens não tinham passagens na polícia.

A bordo de um Fiat Idea verde, pertencente a uma tia de Lucas, eles viajaram para Santa Catarina na tarde de 25 de julho, onde supostamente visitariam parentes.

A investigação apontou que os dois chegaram a passar pelo Estado vizinho, onde estiveram na casa do ex-companheiro da mãe de Lucas, em Palmitos.

No entanto, imagens de segurança comprovam que, pouco tempo depois, o Idea passou pela Ponte da Amizade, que liga Foz do Iguaçu, no Paraná, a Ciudad del Leste, no Paraguai. Uma hora e meia depois, eles retornaram a Santa Catarina e não fizeram mais contato com os familiares.

ZERO HORA

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comFeirão de Imóveis oferece oportunidade de negócios em Caxias do Sul https://t.co/9LMaVur2Iy #pioneirohá 8 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comPedro Guerra: O enterro do CNPJ https://t.co/NqkBpkxnw2 #pioneirohá 8 horas Retweet
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros