Versão mobile

Entrevista ao Jô05/03/2013 | 01h41

Neymar diz que 'pipoca' para se livrar de entradas violentas

Atacante justificou fama de cai-cai e disse que às vezes foge do lance para se proteger

Enviar para um amigo
Neymar diz que 'pipoca' para se livrar de entradas violentas  TV Globo/Divulgação
Entrevista com Neymar no Programa do Jô foi exibida nesta madrugada Foto: TV Globo / Divulgação

Neymar não esconde que utiliza artimanhas para se livrar dos marcadores. Nesta segunda-feira, um dia após receber cartão amarelo por tentar simular um pênalti, o craque destacou as pancadas que recebe durante as partidas e disse que às vezes prefere "pipocar" para o zagueiro do que correr o risco de ser agredido.

— Consigo perceber quando tem maldade, daí a gente dá uma "pipocada". É melhor perder a jogada do que se machucar e ficar seis meses fora se recuperando — afirmou o craque no pograma do Jô Soares, da TV Globo, exibido na madrugada desta terça.

O craque é o jogador do Santos que mais sofre faltas e costuma liderar esse quesito nos campeonatos que disputa. No entanto, muitas vezes, é criticado pela fama de cai-cai, como no clássico contra o Corinthians. Ele se defende.

— Tenho as canelas todas rabiscadas, nós, atacantes, sofremos mais porradas
do que em outras posicões. Mas é o nosso papel ir para cima e o papel deles
defender — afirmou o atacante.

Jô Soares perguntou ao atacante em qual o time que ele gostaria de jogar fora do Brasil, mas Neymar despistou:

— Não dá pra escolher. Não existe um time no qual eu gostaria de jogar. Sempre jogo muito videogame, sempre me coloquei em todos os times.

Mesmo assim, Neymar revelou que tem planos de jogar fora do país no futuro.

— Eu tenho o sonho de jogar na Europa, mas precisa ser no momento certo e o meu ainda não chegou. Quando perceber que está na hora de ir para o estrangeiro, eu vou.

O jogador, que assumiu durante o carnaval o namoro com a atriz de Salve Jorge, Bruna Marquezine, contou que acha suas fãs atiradas e o assédio fora do Estado de São Paulo é ainda maior:

— Se não tomar cuidado, elas arrancam pedaço.

Jô Soares apareceu com uma peruca de moicano e o estilo do atacante entrou na conversa:

— As pessoas que trabalham comigo, às vezes, ficam bravas porque eu mudo toda hora, mas eu sou vaidoso. Acho que todo mundo gosta de ficar bonito, passar um perfume ou um creme — defendeu-se Neymar.

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comBlog Memória: Os 80 anos do Círculo Operário Caxiense http://t.co/WK1DVX1MWChá 6 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comEnem leva a universidades federais e particulares no Brasil e no Exterior: conheça os caminhos da prova http://t.co/1PJWmjnfuEhá 7 horas Retweet
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros