Ator e diretor pornô Sady Baby é preso por estelionato em Caxias do Sul - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Flagrante25/02/2013 | 19h41

Ator e diretor pornô Sady Baby é preso por estelionato em Caxias do Sul

Dado como morto pelos fãs, ele era procurado pela Justiça de Caçador (SC)

Ator e diretor pornô Sady Baby é preso por estelionato em Caxias do Sul  Reprodução /
Sady Baby e namorada teriam tentado aplicar golpe em São Marcos Foto: Reprodução
Cultuado no submundo dos filmes pornográficos, o gaúcho Sady Plauth, mais conhecido como Sady Baby, 58 anos, era dado como morto pela maioria dos fãs. Mas o ator, diretor, produtor e roteirista estava vivo e foi preso em uma barreira da Polícia Rodoviária Federal na BR-116, no bairro Ana Rech, em Caxias do Sul, por volta das 10h desta segunda-feira.

Famoso nos anos 1980 como o terror da Boca do Lixo, em São Paulo, Sady Baby, era procurado pela Justiça de Caçador (SC) . Contra ele, havia um mandado de prisão por estelionato. O ator e diretor dirigia uma Meriva acompanhado da namorada Patrícia Inglês da Silva, 24 anos.

O casal foi parado em uma barreira na BR-116, após denúncia. A jovem também era procurada pela Justiça de Santa Catarina. Sady Baby teria começado a usar identidade falsa após ter simulado a própria morte em 2008. Na época, a informação era de que ele teria se jogado de uma ponte sobre o Rio Uruguai em um aparente suicídio, o que não se confirmou.

Desde então, muitas pessoas acreditavam que ele realmente havia morrido. Na manhã desta segunda-feira, os dois foram denunciados por um comerciante de São Marcos, que alega ter recebido um cheque sem validade em nome de uma terceira pessoa, na manhã de ontem.

Desconfiado, o homem ligou para um telefone deixado como referência no verso do documento. Do outro lado da linha, uma pessoa informou que aquele era o quinto telefonema de pessoas buscando informações do cheque. O comerciante alertou a PRF.

Sady Baby e Patrícia não ofereceram resistência na abordagem. A Meriva estava em nome de outra pessoa. Segundo o policial rodoviário Jorge Facenda, o ator e diretor portava documentos falsos em nome de um morador do Paraná.

Sady Baby e Patrícia teriam aberto contas em bancos da região para receber os talões e cartões. Os cheques eram usados em restaurantes, hotéis, mercados e lojas, entre outros. A suspeita é de que o casal aplicou golpe em vários estabelecimentos nos últimos meses. 

— Os cheques estavam bloqueados, mas muitos comerciantes recebiam para conferir depois e só então percebiam que haviam sido enganados — conta Facenda.

O ator ficou conhecido por produções de baixo orçamento dos anos 1980 e 1990, boa parte delas rodada na Boca do Lixo, área no centro da capital paulista considerada referência para produções cinematográficas no país.

Longe das câmeras desde 1992, Sady Baby voltou aos holofotes em 2006, quando apareceu em um programa da apresentadora Luciana Gimenez, onde disputava a paternidade de um menino com o cantor Ovelha.

Sady Baby também é investigado pela Polícia Federal por ter recrutado duas adolescentes para um de seus filmes em 2008, entre elas, a própria filha. Na época, ele alegou que as menores haviam se emancipado. De acordo com o delegado Leomar Copetti, o casal seria encaminhado na noite desta segunda-feira para um presídio de Caxias do Sul.

PERFIL

Nome artístico: Sady Baby

Naturalidade: Erechim (RS)

Carreira: ex-jogador de futebol. Começou atuando em filmes de sexo explícito produzidos na Boca do Lixo, em São Paulo, hoje conhecida como cracolândia. A primeira participação de Sady é de 1983. Atuou, dirigiu e produziu cerca de 30 filmes, todos de baixo orçamento, até o início dos anos 1990. Voltou a gravar em 2008, mas o filme A Filha do Diretor foi apreendido pela Polícia Federal por ter no elenco duas menores de idade. Ele ainda é bastante cultuado por apreciadores do gênero pelas características peculiares do seus filmes.
 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros