Após investigação, polícia indicia 16 por suspeita de crimes eleitorais em Jaquirana - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Inquérito concluído26/11/2012 | 09h56

Após investigação, polícia indicia 16 por suspeita de crimes eleitorais em Jaquirana

Entre os acusados, estão dois filhos do prefeito reeleito e vereadores do município

A Polícia Civil encaminhará nesta segunda-feira à Justiça Eleitoral o inquérito que investiga irregularidades nas eleições municipais deste ano em Jaquirana. O documento, com cerca de 700 páginas, indicia 16 pessoas, entre elas, Ivan Lauro Rauber, filho do prefeito reeleito Ivanor Rauber (PP).

Em dois meses de investigação, foram mais de mil ligações interceptadas, cumprimento de mandados de busca e apreensão em 16 lugares, quebras de sigilo telefônico e bancário, auditoria do Tribunal de Contas do Estado e cerca de 60 depoimentos.

Além do filho do prefeito, também serão indiciados o coordenador da campanha de Ivanor José Evandro Pereira dos Reis, os vereadores eleitos Wilson da Silva Duarte (PP), o Capacete, Orestes Ângelo Andelieri (PMDB), o Orestinho, e José Pereira dos Santos (PP), conhecido como Zé do Aprígio, a filha do prefeito reeleito Maria Isabel Rauber, o genro de Ivanor, Heliovan Pereira Turella e o secretário da Fazenda do município, José Cláudio Pereira, entre outros. Os suspeitos são acusados de corrupção eleitoral ativa e passiva, transporte de eleitores, peculato e formação de quadrilha.

O Ministério Público também deve entrar com representação solicitando a cassação dos registros de candidatura ou da diplomação dos políticos envolvidos.

PIONEIRO.COM

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros