ONU enviará mais 3.500 homens para o Haiti - Pioneiro

Versão mobile

19/01/2010 | 17h08

ONU enviará mais 3.500 homens para o Haiti

Pedido de reforço partiu do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon

ONU enviará mais 3.500 homens para o Haiti David Fernández/EFE
Equipes de resgate procuraram sobreviventes na madrugada de hoje Foto: David Fernández / EFE

O Conselho de Segurança da ONU aprovou por unanimidade nesta terça-feira o envio de mais 3.500 homens das forças de paz para ajudar na segurança e no serviços de resgate do Haiti pelo período de seis meses.

O contingente ajudará a manter a segurança durante os serviços de distribuição de assistência humanitária. O pedido havia sido feito pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, na véspera. Ban visitou o país durante seis horas no fim de semana.

A resolução afirma que a Missão da ONU para a Estabilização do Haiti (Minustah) consistirá de um componente militar de até 8.940 militares de todos os escalões e um contingente de 3.711 policiais.

- Devemos enviar as tropas o quanto antes para que ajudem a manter a ordem e permitam a distribuição de ajuda humanitária -, afirmou Ban à imprensa depois da decisão do Conselho.

A nova mobilização militar da ONU na ilha permitirá em particular abrir um corredor humanitário entre Porto Príncipe e a República Dominicana, e outra ponte entre o norte do país e a capital, onde o porto também foi danificado pela catástrofe.

- O mundo está com o Haiti -, declarou o secretário-geral, após a confirmação do envio de tropas.

Ban apresentou também um informe nesta segunda-feira sobre a situação no país que, antes do terremoto, tinha uma força internacional de 9.000 homens, incluindo 7.000 militares de 18 nacionalidades, dos quais várias dezenas morreram na catástrofe.

Além dos militares e policiais, a ONU emprega atualmente 2.000 civis, dos quais 500 são estrangeiros.

Brasil (1.300), Uruguai (1.100), Argentina (550) e Chile (500) são os principais participantes no grupo dos Capacetes Azuis da América Latina na Minustah.

As informações são do G1 e do site da ONU


FOTOS: painel mostra os vários ângulos da tragédia

Em site especial, saiba mais sobre a catástrofe.

Sobreviventes relatam drama vivido no Haiti:




ZEROHORA.COM

Notícias Relacionadas

19/01/2010 | 08h40

Brasil amplia para R$ 35 milhões a ajuda financeira ao Haiti

Comandante do Exército diz que há condições para dobrar o total de soldados no país

19/01/2010 | 07h23

EUA vai receber órfãos haitianos após terremoto

Deve ser permitida a entrada no país de pessoas que poderiam ser consideradas inadmissíveis

19/01/2010 | 04h35

ONU quer corredores humanitários para Porto Príncipe

Medida melhoraria a distribuição de ajuda às vítimas do terremoto da semana passada

19/01/2010 | 04h31

Lula sugere que Obama crie comissão Brasil-EUA para coordenar ajuda no Haiti

Presidente americano destacou que o Brasil é seu principal parceiro no Haiti

19/01/2010 | 04h02

Pai de ex-jogador do Grêmio é encontrado vivo após seis dias no Haiti

Pai de Jean Beausejour foi localizado com boas condições de saúde

19/01/2010 | 03h55

EUA confirma morte de 24 cidadãos no Haiti

Número ainda pode aumentar

19/01/2010 | 03h50

Colômbia envia navio com 400 toneladas de suprimentos para o Haiti

Embarcação carrega água potável, alimentos para crianças, remédios e material de limpeza para a capital haitiana

19/01/2010 | 00h23

Gaúcho pode assumir comando de missão no Haiti

General é considerado um dos militares mais respeitados no exterior

18/01/2010 | 23h16

Lula e Obama articulam plano coordenado de reconstrução do Haiti

Países querem liderar em conjunto as ações de reconstrução

18/01/2010 | 22h32

Missa de 7º dia de Zilda Arns lota Catedral da Sé, em São Paulo

Celebração reuniu cerca de 800 pessoas

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros