Delegado considera pouco provável hipótese de que homem foi baleado em Caxias por conta do combustível - Polícia - Pioneiro

Versão mobile

 

Investigação30/05/2018 | 11h43Atualizada em 30/05/2018 | 19h58

Delegado considera pouco provável hipótese de que homem foi baleado em Caxias por conta do combustível

Titular da Delegacia de Homicídios e Desaparecidos ressalta, no entanto, que investigação está no início

Delegado considera pouco provável hipótese de que homem foi baleado em Caxias por conta do combustível Lucas Amorelli/Agencia RBS
Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

O titular da Delegacia de Homicídios e Desaparecidos (DHD) de Caxias do Sul, Rodrigo Kegler Duarte, considera pouco provável a hipótese de que a motivação do disparo que atingiu um homem que estava com um galão para comprar gasolina em um posto de combustíveis no bairro Santa Fé tenha sido em função da tentativa dele de comprar gasolina.

A Brigada Militar fez buscas para encontrar o autor do crime, mas não obteve sucesso. Para o delegado, o simples fato de um desentendimento na fila não justificaria o crime, mas ele ressalta que não é possível fazer nenhum julgamento prévio. O delegado comenta que também há outras possibilidades, como bala perdida ou alguma desavença anterior que a vítima possuía.

Segundo o delegado, a polícia busca imagens de câmeras que possam auxiliar a investigação e ainda serão colhidos depoimentos.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros