Indiciado por matar o pai em Caxias é preso em Esteio durante busca a carro roubado - Polícia - Pioneiro

Versão mobile

 

Captura12/04/2018 | 14h55Atualizada em 12/04/2018 | 14h56

Indiciado por matar o pai em Caxias é preso em Esteio durante busca a carro roubado

Kelvin Canofre Maciel era procurado desde dezembro

Indiciado por matar o pai em Caxias é preso em Esteio durante busca a carro roubado Polícia Civil / Divulgação/Divulgação
Kelvin Canofre Maciel Foto: Polícia Civil / Divulgação / Divulgação

Procurado como suspeito do homicídio do pai em Caxias do Sul, Kelvin Canofre Maciel, 24 anos, foi preso em Esteio na noite de terça-feira durante buscas a um carro roubado em Canoas horas antes. O rapaz era procurado desde dezembro do ano passado, quando teve a prisão preventiva decretada pelo assassinato de Paulino Rodrigues Maciel no bairro Bom Pastor.

Leia mais:
Polícia Civil divulga procurados por assassinatos em Caxias do Sul
Justiça decreta prisão preventiva de rapaz que matou o pai em Caxias do Sul
Homem mata o pai após briga no bairro Bom Pastor, em Caxias do Sul 

A ocorrência teve início após o roubo de um Prisma em Canoas por volta das 16h45min. Durante o registro na delegacia de plantão da cidade, a vítima lembrou que seu celular estava dentro do automóvel e possuía rastreador. Os policiais civis, então, descobriram que o carro estava em Esteio e repassaram o endereço para a Brigada Militar (BM).

Os policiais militares encontraram o Prisma estacionado Rua Padre Claret e acionaram o guincho para a remoção. Durante o procedimento, por volta das 21h, um Focus se aproximou e os PMs desconfiaram da atitude dos dois tripulantes. Foi feita a abordagem, porém o motorista acelerou o carro e tentou fugir. A perseguição seguiu por algumas ruas, mas logo o Focus foi cercado e dois homens detidos.

Kelvin que era o motorista do Focus, mas disse aos PMs que se chamava Ruan Simas e apresentou uma falsa Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de Santa Catarina. Seu nome verdadeiro só foi descoberto na sua apresentação na Delegacia de Canoas, quando também foi encontrado o mandato de prisão contra ele.

O procurado em Caxias do Sul ainda foi reconhecido pela vítima como um dos autores do roubo do Prisma em Canoas. Kelvin foi autuado por roubo de veículo, uso de documento falso e receptação, pois o Focus também era resultado de um crime e estava com placas falsas.

O outro tripulante do Focus era Eni Rosa Oliveira, 32 anos, que é morador de Canoas e foi preso em flagrante por receptação de carro roubado. O Focus estava com o lacre da placa identificadora rompido e o chassi raspado.

A tendência é que Kelvin seja transferido para Caxias do Sul nas próximas semanas para responder ao processo pelo assassinato do pai. No entanto, o esgotamento das vagas nas casas prisionais do município pode dificultar o procedimento.

Leia também:
Sem vagas em presídios, três presos são mantidos em delegacia de Caxias do Sul
"O próprio Estado serve de RH para o crime", afirma juíza de Caxias do Sul
Polícia apreende veículo com sirene policial em Canela

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros