Polícia relaciona carro branco com o desaparecimento de menina em Caxias  - Polícia - Pioneiro

Versão mobile

 

Caso Naiara13/03/2018 | 16h55Atualizada em 21/03/2018 | 10h53

Polícia relaciona carro branco com o desaparecimento de menina em Caxias 

Veículo aparece em imagens de câmeras de segurança manobrando de forma suspeita em área do trajeto de Naiara Soares Gomes, 7 anos

Polícia relaciona carro branco com o desaparecimento de menina em Caxias  Arquivo pessoal/Arquivo pessoal
Naiara Soares Gomes, 7 anos Foto: Arquivo pessoal / Arquivo pessoal

A tese de que Naiara Soares Gomes, 7 anos, foi raptada por alguém em um carro branco é a principal linha de investigação da Polícia Civil de Caxias do Sul.

Nesta terça-feira (13), os investigadores localizaram imagens de um automóvel com estas características manobrando de forma suspeita em  horário e endereço que coincidem com o trajeto que Naiara fazia para ir até a Escola Municipal Renato João Cesar, no São Caetano, na sexta-feira (9). A menina não aparece nas cenas.

Esta é a primeira pista concreta encontrada pelos agentes da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA). 

Leia mais
Em 7 questões, veja o que se sabe até agora sobre a menina desaparecida em Caxias
VÍDEO: o que mostram as câmeras do caminho onde menina desapareceu em Caxias do Sul
Investigação sobre criança desaparecida em Caxias do Sul está cercada de mistérios

A suspeita sobre o carro branco surgiu no relato de duas testemunhas, que apontaram ter visto a menina próximo a um veículo com estas características na Rua Júlio Calegari. 

Esta é a última localização conhecida de Naiara. Para a investigação, a menina nunca chegou a acessar a Rua Pixinguinha, que levaria até a escola.

As imagens conseguidas pela polícia são próximas da esquina da Julio Calegari com a Mozart Perpétuo Monteiro.

— Esta é a linha mais forte que estamos seguindo. Mas, claro, não descartamos as outras. Seguimos em diligências, analisando imagens, comparando elementos e formando um panorama. É um trabalho de formiguinha, de detalhes, de confirmar e descartar informações — resume o delegado Caio Márcio Fernandes, titular da DPCA.

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros