Cerco a criminosos que atacaram carro-forte na Serra completa uma semana - Polícia - Pioneiro
 

Buscas13/02/2018 | 14h22

Cerco a criminosos que atacaram carro-forte na Serra completa uma semana

Oitenta policiais participam da ação

Cerco a criminosos que atacaram carro-forte na Serra completa uma semana Brigada Militar/Divulgação
Buscas se concentram em Monte Belo do Sul Foto: Brigada Militar / Divulgação

O cerco aos criminosos que atacaram um carro-forte na BR-470, entre Bento Gonçalves e Veranópolis, completou uma semana nesta terça-feira. São cerca de 80 policiais que participam da operação com incursões no mato. As buscas se concentram na região das linhas 100 e 80, em Monte Belo do Sul.

Na noite de domingo, policiais avistaram um homem em uma casa abandonada no município. Conforme o Capitão Diego Caetano de Souza, comandante da 1ª Companhia do 3º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (3º BPAT), de Bento Gonçalves, o homem percebeu a movimentação e fugiu para o mato, deixando para trás uma calça camuflada e uma camisa.

 Leia mais
"Os criminosos subestimaram o poder de fogo da Serra", afirma capitão da BM em Bento Gonçalves
Preso no ataque a carro-forte em Bento Gonçalves já matou comerciante em Garibaldi
Polícia recupera R$ 828 mil que haviam sido levados de carro-forte atacado em Bento Gonçalves   

Participam das buscas policiais dos batalhões de Vacaria, Farroupilha, Caxias e do Batalhão de Operações Especiais de Porto Alegre. Um helicóptero da Brigada Militar dá apoio à ação.

Até agora, quatro homens foram presos, três deles no mesmo dia do ataque ao carro-forte. Dois dos assaltantes conseguiram fugir em uma Montana, roubada após a fuga. No final de semana, um quarto homem foi detido em uma casa abandonada. A polícia acredita que dois a três homens ainda estejam soltos na região.

O homem de 45 anos detido no fim de semana cumpria pena em Charqueadas e não havia retornado de uma saída temporária, o que deveria ter ocorrido em 9 de janeiro. Ele possuía um histórico de crimes que envolviam um homicídio em Charqueadas, além de tráfico de drogas, roubo de veículo e roubo a banco.

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros