Após cerco, polícia liberta refém e prende três suspeitos de ataque a carro-forte na Serra - Polícia - Pioneiro
 

Polícia06/02/2018 | 14h34Atualizada em 06/02/2018 | 14h38

Após cerco, polícia liberta refém e prende três suspeitos de ataque a carro-forte na Serra

Polícia mantém buscas na região de Monte Belo do Sul, para onde quadrilha fugiu

Após cerco, polícia liberta refém e prende três suspeitos de ataque a carro-forte na Serra PRF / Divulgação/Divulgação
Foto: PRF / Divulgação / Divulgação

Uma mulher que havia sido feita refém pelo grupo de criminosos que atacou um carro-forte na BR-470, entre Bento Gonçalves e Veranópolis, foi libertada na tarde desta terça-feira. Ela foi feita refém na casa dela, no município de Monte Belo do Sul, para onde os criminosos fugiram.

Segundo a polícia, participaram do ataque de seis a oito criminosos — o número ainda não está confirmado. Após o assalto, os criminosos fugiram em direção a Monte Belo do Sul. Nas proximidades do acesso ao município, eles trocaram tiros com a polícia. Após abandonarem duas armas nesse local, fugiram. Na fuga, eles chegaram à casa da vítima, que foi feita refém. Outros comparsas fugiram para um matagal.

De acordo com o chefe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Bento Gonçalves, Lucas Martins, um assaltante foi preso na residência da vítima e outros dois no matagal. A PRF mantém buscas na região.]

Leia também
Roubos e furtos de carros têm o menor índice dos últimos oito anos em Caxias do Sul
Para não ser reconhecido pela ex-mulher, suspeito usou máscara em assassinato no interior de Vacaria 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros